DIA DOS PAIS
Família homenageia pioneiro do município de Alto Alegre
Sebastião nasceu em 13 de janeiro 1920 no Ceará e veio morar em Roraima
Por Raisa Carvalho
Em 13/08/2016 às 00:19
Sebastião Mesquita é um dos moradores pioneiros de Alto Alegre (Foto: Arquivo pessoal)

Sebastião Alvez de Mesquita é um dos moradores pioneiros do município de Alto Alegre. Ele irá comemorar o Dia dos Pais ao lado dos filhos relembrando as histórias de Roraima. Segundo sua filha Marinete Mesquita, a data nunca pode passar em branco.

“Sempre fazemos uma almoço em família e conversamos ao redor de uma mesa grande. São muitas memórias que vêm à tona, desde a nossa infância, quando viemos morar em Roraima. Meu pai cuidou e trouxe os filhos todos com muita dificuldade, mas sempre com um sorriso no rosto”, relata.

 Sebastião nasceu em 13 de janeiro 1920 no Ceará e veio morar em Roraima em outubro de 1979. A viagem de lá para cá não foi fácil, mas foi resultado de esperança na busca pela melhoria de vida e nunca se arrependeu. Ele criou seus 14 filhos, oito deles ainda vivos, Maria Edna, Mesquita, Fátima, Nonato, Esmeralda, Raimunda, Marinete e Raimundo Nonato. Além de ser pai, Seu Sebatião tem 30 netos, 20 bisnetos e 21 tataranetos 3 noras e 4 genros e é o patriarca da família.

“Nós vemos a felicidade dele de ter vindo a Roraima e ter escolhido Alto Alegre para morar, uma cidade calma que nos acolheu muito bem”, disse.

Segundo Marinete, o Dia dos Pais será de homenagens. “Após o falecimento da minha mãe, meu pai ficou muito sozinho e buscou para ele a missão de cuidar de todos nós. Ele é o nosso pilar, que faz com que a nossa família seja sempre unida”, comentou.

Segundo ela, as lembranças são muitas. O Dia dos Pais é uma forma de remeter a felicidade e gratidão de tê-lo como pai. “Ele é uma pessoa tradicional, mas muito do bem, que gosta de manter os filhos unidos”, contou.

Papel de Pai

Para a psicóloga Marta Ribeiro, o pai é fundamental na formação da personalidade dos filhos, e como ela desenvolverá diversas características até a idade adulta. Segundo ela, um pai presente e carinhoso tem exatamente o efeito positivo na formação da personalidade dos filhos.

“Pai é a principal fonte do equilíbrio emocional na vida de um filho. O pequeno cresce feliz, seguro e capaz de estabelecer ligações afetivas muito mais facilmente na vida adulta. Como o esteio que sustenta toda estrutura emocional que o indivíduo irá precisar ao longo da vida em todas suas escolhas pessoais, profissionais, sociais, e o principal, o agir emocional”, relatou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!