UTILIDADE PÚBLICA
Família procura cearense desaparecido há mais de 10 anos
Gostei (1) Não gostei (0)
Amadeu Saldanha foi visto pela última vez na Praia da Preguiça em Salvador
Por Folha Web
Em 29/08/2017 às 21:00
(Foto: Divulgação)

Uma família residente em Fortaleza (CE) amarga uma angústia que já dura mais de 10 anos, desde que o filho mais velho, o artesão Amadeu Saldanha Neto, hoje com 42 anos, conhecido como “Cearense”, saiu de casa e nunca mais retornou ou se quer deu notícias. Desde então, familiares tem travado uma busca por notícia do familiar, que tem se estendido por diversos Estados brasileiros.

De acordo com a analista de sistema Ana Paula Saldanha, irmã do desaparecido, a última vez que ouviu falar de Amadeu Saldanha foi há oito anos, quando uma notícia publicada no jornal Correio da Bahia, mencionou o nome do artesão durante uma desocupação da Praia da Preguiça. Na ocasião, “Cearense” foi um dos despejados pela Prefeitura de Salvador.

“Na reportagem da desocupação da Praia da Preguiça, meu irmão foi um dos entrevistados e ele disse ao pessoal da Assistência Social, que só estava ali devido não ter para onde ir. A reportagem cita que ele pediu dinheiro ao pessoal da desocupação, para comprar uma passagem e voltar para Fortaleza, no entanto não sabemos o que aconteceu depois disso”, explicou Ana Paula.

A busca por notícias do artesão Amadeu Saldanha, tem causado um grande sofrimento aos familiares, que desesperados já foram atrás do familiar em diversos locais, porém em vão.

“Neste domingo 27, recebemos uma informação que um andarilho, com as mesmas características do meu irmão, estaria vagando pelas ruas de Santa Luzia, na Paraíba. Fomos até lá, porém mais uma vez não era ele. Essa procura e angústia está maltratando muito os nossos familiares”, disse a analista de sistema.

Ana Paula informou ainda que “Cearense” gosta de tocar flauta nas estradas e cidades por onde passa. Caso alguém saiba informações sobre Amadeu Saldanha Neto entre em contato via WhatsApp 85 98837-1020 ou pelo e-mail paulasaldanha.martins@gmail.com.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!