OPERAÇÃO BASTILHA
Foragido do crime organizado é recapturado no Pará
Gostei (0) Não gostei (0)
Armando Carmo, o Macumbeiro foi encontrado em um hospital usando um nome falso
Por Cyneida Correia
Em 24/05/2018 às 14:02
O fugitivo responde por latrocínio, formação de quadrilha, e homicídio (Foto: Divulgação)

A Divisão de Captura do Sistema Prisional de Roraima conseguiu encontrar o foragido da justiça de Roraima, Armando Ferreira do Carmo, conhecido como Macumbeiro, que estava escondido em Ananindeua no Pará.

Macumbeiro, que é foragido da Operação Bastilha, foi preso no Hospital Metropolitano do Pará onde estava internado após cair de um andaime, usando o nome falso de Jhonatan do Carmo Conceição.

Armando estava foragido desde 2010, quando fugiu de uma cela do CPC (Comando de Policiamento da Capital) da Polícia Militar, depois de abrir um buraco na parede e passar por outra sala por onde fugiu pela caixa do ar-condicionado.

Além de ser procurado pela Justiça de Roraima onde responde por latrocínio, formação de quadrilha, e homicídio, Armando tem mandado de prisão preventivo expedido pelo juiz Elano Ximenes da comarca de Santa Isabel no Pará.

Na Operação Bastilha, segundo o Ministério Público, Macumbeiro é acusado de ser integrante de um tribunal do crime que teria ordenado agressões físicas e enforcamento de presos dentro do Sistema Prisional. Ele teria comandado as mortes dos detentos Vander Medeiros dos Santos e Josenat Souza dos Prazeres, por terem violado “leis dos presos”, e terem fugido da cadeia sem autorização do crime organizado.

As duas vítimas eram fugitivas da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo e, portanto, tinham descumprido as regras de ‘bom viver’ estabelecidas pelos denunciados e a organização criminosa ‘Primeiro Comando da Maioria’, ou simplesmente ‘MAIORIA’.

Manuel disse: Em 24/05/2018 às 15:33:54

"Deixa solto de vez.... só vai dar trabalho quando ele fugir novamente. "