ENERGIA NO INTERIOR
Governadora anuncia reinauguração da Hidrelétrica de Jatapu para outubro
Usina em Caroebe passará a funcionar com duas novas turbinas, cada uma com 2,5 megawatts
Por Folha Web
Em 20/09/2017 às 00:35
Governadora Suely Campos diz que será montada uma força-tarefa para agilizar os processos e obras já em execução (Foto: Marcelo Rodrigues)

A finalização das obras de expansão da Hidrelétrica de Jatapu, no Município de Caroebe, a sudeste do Estado, foi um dos temas da visita da governadora Suely Campos (PP) em reunião na Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) com o titular da pasta, Gregório Almeida, e demais diretores. A obra, que teve investimentos de mais de R$ 63 milhões e que deve garantir energia estável para toda a população da região do sul e sudeste do Estado, será entregue à população em outubro.

Com a reforma, a usina passará a funcionar com duas novas turbinas, cada uma com 2,5 megawatts. Esta é a segunda vez que Jatapu está sendo revitalizada. Em outubro do ano passado, a usina, que tem a importância estratégica para três municípios – Caroebe, São João da Baliza e São Luiz – teve a capacidade de gerar energia dobrada de cinco para dez megawatts.
A hidrelétrica foi construída com recursos da arrecadação própria do Estado.

A governadora Suely Campos afirmou que vai acompanhar a situação das obras que estão em execução e as que deverão ser priorizadas para conclusão ou início ainda este ano. “Vamos montar uma força-tarefa para agilizar o andamento desses processos e das obras já em execução”, disse.

OUTRAS OBRAS – Além de Jatapu, outras obras consideradas prioritárias pela governadora estão a reforma e manutenção de vários prédios públicos em Boa Vista, entre eles a Casa de Cultura Madre Leotávia Zoller, o Teatro Carlos Gomes, a Escola de Música e o prédio da antiga Secretaria Estadual de Segurança Pública, localizado na Avenida Ene Garcez.

“O prédio da Casa da Cultura, que foi construído em 1940 e já foi sede do Governo do Estado, deverá ser totalmente restaurado. O projeto está pronto, respeitando as configurações originais de arquitetura e deverá ser encaminhado para licitação ainda este mês”, informou a governadora.

Com relação ao Teatro Carlos Gomes, o secretário Gregório Almeida apresentou o projeto de reconstrução que está pronto, necessitando apenas de adequações orçamentárias, para que seja finalizado e encaminhado para licitação.

Quanto ao prédio da Escola de Música de Roraima, as obras de reforma já estão em andamento e devem ser concluídas ainda este ano. Já em relação ao prédio antigo da Sesp, a governadora Suely determinou que seja feito um levantamento urgente da situação, para que seja definido o que deverá ser feito para restaurá-lo.

“Vamos alocar recursos para garantir que todos esses prédios sejam revitalizados, sobretudo a Casa da Cultura e o Teatro Carlos Gomes, que são um anseio antigo dos artistas e de todos os roraimenses que, como eu, utilizaram esses dois espaços públicos por muitos anos, antes de serem completamente abandonados pelas gestões anteriores. É um compromisso nosso entregar esses prédios para a comunidade totalmente restaurados”, destacou.

Outra pauta da reunião foi a conclusão da construção e reforma de 12 escolas indígenas, que fazem parte de um convênio com o Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE). Serão investidos cerca de R$ 11 milhões na estruturação dessas unidades de ensino. Os processos estão em fase de conclusão para serem enviados para abertura de licitação.

ESTRUTURA – Gregório Almeida destacou que a Seinf está sendo reestruturada para dar mais celeridade aos processos, com a aquisição de novos equipamentos de informática e softwares para a execução e controle dos projetos. “Este mês chegaram 67 novos computadores, que já estão sendo instalados, e mais 50 devem ser comprados ainda este ano. Também estamos adquirindo novos programas e equipamentos para uso dos servidores, o que vai dar melhores condições de trabalho e mais celeridade no andamento dos projetos”, disse.

TEPEQUÉM – Durante a reunião foram apresentados para a governadora os projetos do Pórtico de Entrada e do Mirante do Paiva, que serão construídos na Serra do Tepequém, no Município de Amajari, norte do Estado, como parte de um complexo turístico para o local.

“Já estamos garantindo os recursos junto ao Ministério do Turismo. A construção desse complexo vai transformar a Serra do Tepequém no maior polo turístico do Estado. Para isso, estamos recuperando a RR-203, que dá acesso ao Tepequém, e fazendo outros investimentos em infraestrutura na região”, afirmou a governadora.

Rodrigo Colares da Costa disse: Em 20/09/2017 às 11:14:47

"Louvável o polo turístico na Serra do Tepequém para Roraima. Muitos turistas buscam um clima mais ameno em Santa Elena, e poderão se valer dos atrativos turísticos de uma região serrana no próprio Estado, a qual é praticamente desconhecida, inclusive pelos próprios boa-vistenses. Espero que esse projeto não tarde a ser concluído."

Cléo Moraes disse: Em 20/09/2017 às 10:38:19

"A reforma da Escola de Música está em andamento? Desde quando? Sociedade boavistense, vá a escola e veja com seus próprios olhos, confira e verifique. "