DINHEIRO
Governo Federal deve elevar o saldo do Bolsa Família ainda este mês
"Reajustes no gás de cozinha são agressões ao consumidor”, disse Temer
Por Folha Web
Em 15/03/2018 às 22:00
(Foto: Pesquisa por imagem)

Preocupado com o impacto do preço do gás no bolso da população de baixa renda, o Governo Federal estuda três medidas que poderiam aliviar o orçamento dessas famílias: reduzir a carga tributária do GLP, recriar o Vale Gás ou reajustar o benefício do Bolsa Família.

O assunto foi discutido nesta sexta-feira pelo presidente Michel Temer (MDB) com os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira. Temer pediu que sejam feitos estudos técnicos sobre o assunto, para que se chegue a uma solução até o fim de março.

Em entrevista à rádio Guaíba (RS), Temer admitiu a alta no gás de cozinha. Segundo ele, os últimos reajustes são “agressões ao consumidor”. O produto subiu 15,10% nos últimos 12 meses:

- Houve aumento no preço do botijão do gás de cozinha e estou examinando uma fórmula de compensar esse aumento para os mais pobres, porque é para eles que o gás de cozinha tem um efeito muito grande.

#o globo

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!