SUL DO ESTADO
Governo reforça atendimento emergencial a famílias de Caracaraí
Realizada em parceria com a Prefeitura, as ações envolvem o transporte de mantimentos para as localidades mais afetadas pelas chuvas
Por Folha Web
Em 15/07/2017 às 18:05
Equipes do Governo fazem entrega de mantimentos para famílias ribeirinhas atingidas pela cheia do Rio Branco (Foto: Secom RR)

Desde a sexta-feira passada, 07, o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Caracaraí, vem intensificando ações de auxílio a famílias afetadas pelo rigoroso inverno deste ano.

Segundo o Corpo de Bombeiro, a cheia do Rio Branco já afeta diretamente cerca de 900 pessoas. Preocupada com a qualidade de vida dos atingidos, o Governo realizou esta semana a entrega de 200 cestas básicas, 800 litros de água mineral e 700 hipocloritos de sódio para a população afetada.

Para a entrega dos kits, foram montadas equipes de distribuição com profissionais do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil Municipal, da Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social (Setrabes), da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), da Secretaria Municipal de Ação Social e de órgãos afins.

Os grupos realizaram entregas por via fluvial às famílias ribeirinhas, na área rural do município, e por terra, nos bairros da sede de Caracaraí afetados diretamente pelos alagamentos.

As equipes estão no segundo dia de atuação, pois o planejamento envolve visitas, vistorias e cadastramentos para que as pessoas atendidas sejam realmente as que necessitam do auxílio. As visitas foram ampliadas para a área rural de Caracaraí, a fim de verificar a situação de moradores das vicinais 2, 3, 4 e 5, possivelmente as mais atingidas. As equipes do interior foram integradas por enfermeiros, microscopista e assistentes sociais, além de bombeiros e técnicos de Defesa Civil Municipal.

Em continuidade às ações, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Doriedson Ribeiro, com o apoio de jipeiros, planeja uma investida às vicinais do município de Caracaraí, que estão com acesso prejudicado, em razão das cheias de rios e igarapés, para verificar a situação das famílias que não foram visitadas pela equipe interprofissional, por estarem isoladas. O objetivo é realizar a assistência adequada e a entrega dos kits a essas pessoas.

Apesar do nível do Rio Branco ter baixado mais de 40 centímetros de segunda-feira, 10, até este sábado, 15, o comandante do Corpo de Bombeiros destaca que a situação não deixa de ser preocupante, pois o nível do rio pode voltar a subir. Dessa forma, o Estado pretende continuar realizando monitoramento diário e prosseguir com planejamento emergencial de atendimento.

Com informações do Governo do Estado.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!