ZONA OESTE
Homem é baleado em perseguição policial por elemento desconhecido
Por João Barros
Em 11/01/2017 às 00:49
PM informou que o homem confessou ter recebido o disparo de outro indivíduo (Foto: Divulgação)

Na noite de segunda-feira, dia 09, um indivíduo foi alvejado durante uma perseguição policial no bairro Senador Hélio Campos, zona Oeste da Capital. De acordo com a Polícia Militar (PM), o disparo foi feito por outro elemento, que conseguiu fugir. A vítima do tiro só parou a moto no início da Rua HC-04, no bairro Operário, também na zona Oeste. Ele foi socorrido e teve que passar por cirurgia no Hospital Geral de Roraima (HGR).

Conforme a PM, estava sendo realizado patrulhamento ostensivo quando foi enviada a informação de que havia um homem trafegando em alta velocidade numa moto Bros preta, sem descarga. Depois de realizarem diligências, os policiais se depararam com o veículo com as mesmas características citadas por populares.

Iniciado um acompanhamento tático, foi feito um pedido para que outras viaturas auxiliassem na ação. O suspeito avançou diversos semáforos e cruzamentos, pondo em risco a vida de outros condutores e de pedestres. Seguindo pela Av. Nazaré Filgueiras (S-4), sentido chácaras, no bairro Operário, a viatura conseguiu ultrapassar a moto, na Rua General Bento Gonçalves, mas ele freou a moto bruscamente e conseguiu se distanciar da viatura.

Na tentativa de reaproximar-se do indivíduo, a guarnição passou por outro elemento em uma motocicleta, portando uma arma de fogo, quando a guarnição alega ter ouvido disparo de uma arma e pediu mais uma vez reforço. De acordo com a PM, o responsável pelo disparo aguardou a aproximação do homem que estava sendo perseguido, atirou contra ele e em seguida fugiu.

O condutor de moto que estava sendo perseguido estava sangrando, por isso foi socorrido por policiais da Força Tática até o Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima (HGR). Enquanto ele aguardava atendimento médico, confessou aos policiais que foi alvejado por um indivíduo que estava em uma moto, a qual não recordava a cor, sabendo somente que o modelo era uma Fan 160 cilindradas, mas não visualizou a placa.

O ferido também contou que recordava apenas o fato de a viatura estar distante, quando recebeu o tiro e viu o autor do disparo fugir. Devido à perfuração que atingiu o lado direito do quadril, o homem teve que passar por uma cirurgia, por esta razão não foi conduzido à delegacia, devendo prestar esclarecimento após receber alta médica.

Aos policiais, ele disse que fugiu porque não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e nem mesmo Permissão para Dirigir (PPD). A moto que ele conduzia foi notificada e recolhida ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Nenhum suspeito do disparo foi preso. O caso será investigado pelo 5º Distrito Policial. (J.B)

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!