NA PORTA DE CASA
Homem é esfaqueado pela própria mulher
A filha da vítima teria presenciado a briga e chamou os vizinhos para ajudar o pai, que estava machucado
Por João Barros
Em 11/08/2017 às 01:14
Mulher esfaqueou o marido após uma discussão (Foto:Divulgação)

Às 19h45 da última quarta-feira, dia 09, policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de lesão corporal causada por arma branca, na Avenida Brigadeiro, bairro São Bento, zona oeste de Boa Vista, e quando chegaram ao local descobriram que a vítima tinha sido esfaqueada pela própria esposa depois de uma discussão na porta da residência.

A polícia contou que, ao chegar ao endereço, homens do Resgate do Corpo de Bombeiros já atendiam a vítima dentro da ambulância e a conduziram ao Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima (HGR).

No local do crime, a guarnição disse que fez contato com alguns populares que se recusaram a dar informações ou algum detalhe sobre o ocorrido. Em busca de compreender o caso e colher dados do homem ferido e do suposto agressor, os PMs foram ao HGR, onde a vítima estava, e conseguiram encontrar uma testemunha que relatou que a filha do esfaqueado, uma menina de oito anos, chegou gritando à sua residência pedindo socorro para o pai e, assim que saiu para ver o que estava acontecendo, a mulher disse que viu a vítima ensanguentada no chão.

A equipe fez contato com o homem ferido, que revelou ter chegado a sua residência e ter visto sua companheira conversando e bebendo com uma venezuelana. Ele decidiu ir a um bar para tomar algumas “doses de pinga” e, ao voltar para casa, teve uma discussão com a companheira, quando os dois agrediram-se, momento em que a companheira pegou uma faca e desferiu dois golpes no marido, um no ombro direito e o outro no tórax.

Os militares afirmaram que a vítima não corre risco de morte, uma vez que os ferimentos não foram profundos e nem atingiram órgãos vitais. A mulher não foi localizada para prestar esclarecimentos sobre a ocorrência. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!