NA ZONA OESTE
Homem é preso por posse ilegal de arma, paga R$ 4,7 mil de fiança e é liberado
A família pagou 5 salários mínimos para o rapaz não ir para a prisão
Por Folha Web
Em 10/01/2017 às 09:16
Policiais apreenderam arma de uso permitido e munição com homem no bairro Senador Hélio Campos (Foto: Divulgação)

Uma ação conjunta envolvendo agentes da Divisão de Repressão a Entorpecentes e Departamento Estadual de Narcóticos (DRE/Denarc) e policiais do 4º e 5º Distrito Policial resultou na prisão em flagrante de um homem por posse ilegal de arma no bairro Senador Hélio Campo, na zona Oeste da capital.

Conforme a Polícia Civil, a ação de prisão, ocorrida ontem, 09, se deu por meio de denúncia anônima. Na casa do indivíduo, os policiais encontraram a arma, um revólver Calibre 38 municiado, com seis cartuchos intactos.

Após o procedimento, ele foi levado para a Central de Flagrantes, onde foi lavrado um APFD (Auto de Prisão em Flagrante Delito). Como o crime é afiançável, de acordo com a lei, o delegado que recebeu o caso estipulou o pagamento de cinco salários mínimos, que foi pago pela família. Com isso, ele vai responder processo em liberdade.   

Com informações da Polícia Civil de Roraima. 

Comentários
Karina disse: Em 10/01/2017 às 11:14:13

"Não deveria ser POSSE ILEGAL DE ARMAS, visto que a posse consiste em manter no interior de residência (ou dependência desta) ou no local de trabalho a arma de fogo? E o porte, por sua vez, pressupõe que a arma de fogo esteja fora da residência ou local de trabalho, que ele tenha saído na rua com a arma e preso em flagrante."

MARCIO MARCELO MUNIZ disse: Em 10/01/2017 às 09:53:07

"Isso é um absurdo, deixar um pai de família desarmado com toda essa selvageria que se encontra Roraima. Lógico que essa lei do desarmamento e tosca, inútil e totalmente ineficaz. Só uma observação na matéria acima, o porte de arma pode ser afiançável em alguns casos. é no caso acima não foi porte, e sim posse."