PARA RORAIMA
ISA abre vaga para assessor de produção de Castanha do Brasil com indígenas
O trabalho será desenvolvido junto ao povo indígena WaiWai. A entrega de currículo é até dia 30
Por Folha Web
Em 18/06/2017 às 17:22
Coordenar a instalação da mini usina de processamento da castanha na terra indígena será uma das responsabilidades do profissional

O Instituto Socioambiental (ISA) está recebendo currículos para o processo seletivo que vai contratar um assessor para trabalhar no desenvolvimento da Cadeia de Produção da Castanha do Brasil do Povo Indígena Waiwai em Roraima. O prazo para envio de currículo termina no dia 30 de junho.

De acordo com o documento que regulamenta o seletivo, as atribuições do profissional são no sentido de assessorar as associações indígenas para gestão de toda a cadeia produtiva da castanha, bem como coordenar a instalação da mini usina de processamento da castanha na terra indígena, a sua prospecção no mercado e a construção da marca ‘Castanha WaiWai.

Podem se candidatar profissionais das áreas de engenharia de produção, agronomia, engenharia florestal, administração, economia, gestão ambiental ou áreas afins. É exigido ainda que o candidato possua experiência na cadeia de produção da Castanha do Brasil, tenha disponibilidade de realizar viagens frequentes para terras indígenas e possua Carteira Nacional de Habilitação, categoria B.

Além disso, é necessário ter experiência de trabalho em comunidades indígenas ou ribeirinhas amazônicas, falar espanhol ou inglês, possuir conhecimento da legislação indígena, ambiental e tributária brasileira; conhecimento sobre o mercado da castanha do Brasil, mestrado ou doutorado e disponibilidade para trabalhar por três anos no projeto.

O início das atividades está marcado para o mês de agosto. A pessoa aprovada e contratada deverá cumprir 40 horas semanais e receberá como benefícios o seguro de vida, seguro saúde, vale refeição ou alimentação. O seletivo será realizado em duas fases. A primeira é análise curricular e a segunda é uma entrevista dos selecionados.

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!