NA CAPITAL
Justiça no Trânsito atua na resolução de acidentes sem vítimas
Gostei (1) Não gostei (0)
Por Folha Web
Em 07/02/2018 às 01:28
Programa Justiça no Trânsito atende casos de acidentes com danos materiais, sem envolvimento de menores de 18 anos e pessoas alcoolizadas (Foto: Erasmo Siqueira)

Um acidente envolvendo veículos com danos materiais e sem vítimas poderia dar muita dor de cabeça aos condutores, podendo até gerar processos na Justiça, estendendo o problema por meses e até anos. Porém, o Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vara da Justiça Itinerante, disponibiliza em Boa Vista um serviço especializado para resolver causas de acidentes de trânsito apenas com danos materiais: o programa Justiça no Trânsito.

De acordo com o coordenador de Acessos do Poder Judiciário de Roraima, Augusto Santiago, o serviço da Justiça nas ocorrências de trânsito com danos materiais, sem envolvimento de veículos oficiais, menores de 18 anos e pessoas alcoolizadas é gratuito e a população deve aproveitar a disponibilidade da equipe, evitando assim demandas judiciais como audiência de conciliação, instrução, entre outros. O intuito é a resolução na hora, fazendo com que os envolvidos no acidente não tenham prejuízos.

“Esse trabalho é fantástico e é para nossa população. Então sempre afirmo para as pessoas usarem, pois é muito bom. Ele é totalmente gratuito e faz a pessoa ganhar tempo e evitar prejuízo financeiro. Esse é o intuito”, afirmou.

Segundo o coordenador, sempre que acionada, uma equipe vai até o local do acidente e lá mesmo conversa com as partes e faz tentativas de acordo entre os envolvidos. Quando uma das tentativas logra êxito, o acordo é oficializado ali mesmo e o problema é resolvido, evitando assim um processo na Justiça e garantindo que as parte não percam tempo, sendo posteriormente homologado por um juiz.

“Assim que recebemos a ligação de solicitação, vamos ao lugar e lá fazemos todo trabalho que é feito nos tribunais, nas audiências de conciliação, só que de maneira mais simples e prática. O trabalho só traz comodidade às pessoas envolvidas”, ressaltou.

Ele concluiu dizendo que, caso não haja acordo com a equipe itinerante no local, os envolvidos são orientados a procurarem seus direitos na Justiça. “Caso não tenha acordo quando a nossa equipe é acionada, orientamos os envolvidos a procurarem seus direitos”, concluiu o coordenador.

O serviço está disponível de segunda a sexta-feira das 7h às 19h, no sábado das 8h às 14h e domingo das 8h às 12h. Para acionar a equipe do Poder Judiciário, é preciso apenas que uma das partes ligue para o telefone 98404-3086. (E.S)

BadBoy disse: Em 07/02/2018 às 10:23:14

"Não serve pra nada! O cara nega o acordo, mente o endereço e aí a justiça lhe vira as costas, dizendo que não pode realizar a intimação por que o indivíduo não foi localizado. Cabe então a vc, que foi a vítima da situação, ficar correndo atrás do endereço, pondo em risco até mesmo sua integridade física. E mesmo que vc consiga a rede social ou telefone do indivíduo, não vai adiantar nada. Ele não pode ser intimado por esses meios. O prejuizo fica com vc. Dica: Se vc bater o seu veículo e a passoa vier jogar a culpa em vc, senta logo a porrada, pelo menos depois vc vai sentir alguma satisfação."

Estrela disse: Em 27/03/2018 às 18:53:06

"Então o serviço ñ é de excelência coisa nenhuma! Valeu a dica."