DESCARTE DE MEDICAMENTOS
MP pede afastamento e prefeito exonera secretário de saúde
Gostei (0) Não gostei (0)
A denúncia foi feita para o Ministério Público Estadual e repercutida pela Folha de Boa Vista.
Por Folha Web
Em 12/03/2018 às 13:01

A Promotoria de Justiça da Comarca de Rorainópolis ingressou com uma medida cautelar pedindo o afastamento do secretário de saúde do cargo e do exercício de suas funções em razão do descarte indevido de medicamentos dentro do prazo de validade. 

A denúncia foi feita para o Ministério Público Estadual e repercutida pela Folha de Boa Vista.

O promotor responsável pelo caso, Paulo André Trindade, requereu a instauração de inquérito policial para apurar peculato e desvio.

Notificado da medida judicial na sexta-feira (10), para prestar esclarecimentos sobre o caso, o prefeito Leandro Pereira (PSD), diante da gravidade dos fatos que lhe foram informados, exonerou o secretário de saúde Elson Alves do cargo.

O caso continua sendo investigado e diversas pessoas estão sendo ouvidas na Delegacia de Rorainópolis, visando o esclarecimento do caso.

A medida cautelar protocolada pelo MPRR no juízo da comarca de Rorainopolis aguarda decisão judicial

O CASO

Conforme denúncia recebida pela reportagem da Folha, os lotes de remédios que estariam em falta nos postos de saúde do município foram jogados no lixo pela Prefeitura de Rorainópolis.

Os medicamentos descartados eram antibióticos, como amoxicilina, além de outros utilizados por diabéticos e hipertensos. Alguns estariam com validade vencida, mas outros só venceriam em maio.

pereira disse: Em 14/03/2018 às 08:30:18

"na verdade se o prefeito nomeia um secretario ou o governo, não é so pra receber salario e pra agir, gerenciar sua pasta no caso dos medicamentos em rorainopolis que tem que ser responsabilizado é o secretario de saúde."

pereira disse: Em 12/03/2018 às 16:05:24

"realmente é um caso de policia mesmo pois se os medicamentos vem para as prefeitura devem ser distribuidos para as unidades do municipio e entrege a quem de direito nao entendo como um secretário de saúde aje dessa forma tem que ser punido mesmo."