SUL DO ESTADO
Moradores denunciam quedas de energia e ameaçam fechar BR-174
À Folha, munícipes afirmaram que, se a situação não for resolvida, eles pretendem fazer uma manifestação na rodovia
Por Ana Gabriela Gomes
Em 04/09/2017 às 02:00

Moradores do município de São Luiz, na região sul do Estado, denunciaram as dificuldades em relação à energia elétrica na região. Conforme as denúncias, desde a quinta-feira, 31, o município está passando por constantes quedas de energia. Conforme já noticiado pela Folha, o problema é recorrente. Os moradores destacaram ainda que os representantes da Eletrobras no município não se pronunciam sobre a situação.

O morador Nilson Veloso explicou que ficou sem energia por mais de cinco horas na quinta-feira, sem contar com as vezes em que a energia voltou e 10 minutos depois faltava de novo. Na sexta-feira, 1º, ele informou que o município ficou desabastecido das 9h às 20h. No sábado, 2, a energia foi embora no mesmo horário do dia anterior, mas voltou por volta das 14h30. Veloso destacou que outros municípios da região também estão com o mesmo problema.

Segundo Veloso, comerciantes de São Luiz estão perdendo produtos por conta da situação energética. No sábado, quem quis comprar carne não conseguiu. O morador ressaltou que os açougues não tiveram a coragem de deixar o refrigeramento da carne à mercê da sorte. “A energia não tem qualidade aqui. Informaram ainda que a câmara fria do matadouro do Baliza queimou”, disse.

Ele contou que, no mês de maio, uma audiência pública foi realizada junto aos moradores, o Procon e representantes da Eletrobras Distribuição Roraima. O encontro teve como pauta o preço da tarifa elétrica e a qualidade no serviço de abastecimento. Na ocasião, a Eletrobras anunciou que ia melhorar a situação. Quatro meses depois, Veloso contou que as cobranças continuam, mas o fornecimento de energia só piorou.

Alguns moradores do município, na tentativa de solucionar o problema, entram em contato com a central de atendimento da Eletrobras, mas desistem após uma hora de ligação. “É lamentável a situação vivenciada pelos moradores do sul do Estado. Estamos no ponto de nos mobilizar para fazer manifestação na BR-174, onde o tráfego de veículos é maior”, pontuou.

ELETROBRAS – A Folha entrou em contato com a Eletrobras durante o final de semana para falar sobre o caso, mas até o fechamento desta matéria, às 17h de ontem, não obteve resposta. (A.G.G)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!