SUL DO ESTADO
Moradores do Baliza pedem conclusão de obras de recuperação da BR-210
Rodovia que interliga os municípios do Sul e Sudeste do Estado tem grande número de buracos. Seinf diz que trabalhos serão concluídos em novembro
Por Minervaldo Lopes
Em 26/09/2017 às 01:39
Além de trechos com asfaltamento inacabado, BR-210 apresenta grande quantidade de buracos (Foto: Adelson Wendling)

Quem vive no Município de São João da Baliza, no Sul do Estado, tem reclamado da demora do Governo do Estado na conclusão de obras de recuperação de trechos da BR-210, rodovia que interliga as regiões Sul e Sudeste de Roraima. Além da poeira, os buracos causam transtornos à viagem dos munícipes, que já não sabem a quem recorrer. 

“Tenho 22 anos e há 20 resido no município. É desesperador a maneira como o Estado vem tratando essa questão. Até quando vão agir com descasos?”, questionou o fotógrafo Adelson Wendling. Ele disse que o problema na rodovia é antigo e que ano após ano continua sem solução. Segundo ele, obras de revitalização são realizadas, mas nunca chegam a ser concluídas, o que dificulta e muito a vida dos moradores da região.

“Para gente que faz esse percurso com frequência para ir até a Capital, a situação é terrível. Atrasa bastante a viagem, fora que a cidade parece um filme de faroeste, com tanta poeira. É triste ver essa situação”, comentou ao acrescentar que os trechos mais complicados da BR-210 se concentram na altura das vicinais 24 e 25, que liga Baliza ao Município de São Luiz do Anauá. Naquele trecho as partes com asfalto estão inacabadas e com trechos esburacados.

“Esse asfalto tem muita história. Só em obras de terraplanagem foram feitas inúmeras, por vários anos, ou seja, não é um problema de hoje. No inverno, a situação fica ainda pior. Qualquer chuvinha já faz um estrago, sem contar que esses trechos já estão cheios de buracos e quem não conhece a estrada tem aquela surpresa desagradável”, destacou.

O fotógrafo é categórico em afirmar que até o momento nenhuma justificativa foi apresentada aos moradores do município pelo governo. “Particularmente, eu acho que eles [governo] vão utilizar a desculpa das chuvas como justificativa, o que já nem cola mais. Só espero que desta vez eles olhem a situação com mais seriedade, porque muita gente tem esperança de que esses trabalhos terminem o quanto antes. Já é tempo para que concluam isso”, frisou.

SEINF – Em nota, a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) informou que as obras de asfaltamento da BR-210, no trecho entre os municípios de São Luiz e São João da Baliza foram paralisadas devido às fortes chuvas que caíram na região, inviabilizando a execução dos serviços.

A secretaria destacou que a empresa responsável pela obra vai continuar realizando serviços complementares, como recuperação ambiental, revestimento de mudas nos aterros, sinalização, acostamento, defensas metálicas nas curvas e obras de arte correntes.

“De acordo com o Departamento Estadual de Infraestrutura de Transportes (Deit), da Seinf, a previsão para que sejam retomados os serviços do asfaltamento nos 4,5 quilômetros restantes é no início de outubro, quando as chuvas deverão ter cessado totalmente e a empresa reiniciará a execução da implantação da base e asfaltamento”, frisou destacando que a previsão é que todo o serviço seja finalizado em novembro. (M.L)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!