MORTE NA PAMC
Morto no presídio é suspeito de entregar presos que cavaram túnel
Fábio Pereira respondia pelos crimes de roubo, cárcere privado e estupro (Foto: Divulgação/Dicap)
Por Folha Web
Em 07/12/2017 às 12:01
Fabio Matos, o Acerola

O detento Fábio de Matos Pereira, de 27 anos, mais conhecido como 'Acerola', foi identificado como o detento  encontrado enforcado na manhã desta quinta-feira, na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

Acerola respondia pelos crimes de roubo, cárcere privado e estupro e teria, segundo informações recebidas pela Folhaweb, entregue para a polícia, o nome dos presos responsáveis pela escavação do túnel de 15 metros encontrado esta semana na Pamc.

Acerola era integrante do sistema prisional desde criança, tendo passado pelo CSE e pelas outras unidades prisionais, sendo considerado de alta periculosidade e tendo participado de várias fugas.

Sobre a acusação de estupro, ele foi reconhecido por uma jovem de 17 anos como um dos homens que a estuprou. A jovem estava com o namorado no interior de um veículo no Parque Anauá quando foi abordado por dois homens que estavam com uma arma de fogo.

Um dos homens assumiu o controle do veículo e colocou o casal no banco de trás. Eles os levaram para uma pista de motocross, no bairro Caçari, onde no local amarraram o jovem de 19 anos e depois estupraram a garota duplamente.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!