INSEGURANÇA NO INTERIOR
No Distrito Equador, população cobra instalação de Destacamento de Polícia
Gostei (2) Não gostei (0)
Polícia Militar informou que está atendendo as demandas de segurança no local
Por Jefter Reis
Em 20/03/2017 às 22:00
(Foto: Jefter Reis)

Um aumento considerável no número de furtos, roubos e assaltos tem preocupado os moradores do Distrito Equador, localizado a cerca de 100 quilômetros da cidade de Rorainópolis, região Sul do Estado.

Preocupados e sensibilizados com a situação, os vereadores Pinto do Equador e Cidalino Mariano, procuraram a reportagem da Folha para relatar a situação que encontraram na vila após fazerem uma visita a localidade.

Conforme os vereadores, que afirmaram estarem sempre cobrando junto ao Governo do estado e Secretaria de Segurança, a instalação novamente do destacamento, que está desativado a mais de 10 anos, um aumento na criminalidade nem sido registrado e tem causado transtorno aos moradores locais.

Para o vereador Pinto do equador, que afirmou já ter cobrado pessoalmente da governadora do estado Suely Campos a presença de um policiamento integral no distrito, essa ação seria de vital importância para uma considerável diminuição no número de infrações ocorridas na vila.

“Como representante e morador do distrito Equador, me sinto na obrigação de cobrar do Governo do estado e Secretaria de segurança, respostas para os nossos problemas, pensando sempre em uma melhor qualidade de vida para todos os moradores de nosso querido distrito”, afirmou.

De acordo com o vereador Cidalino, uma casa de apoio totalmente nova foi construída para receber os policiais no local, porém, até hoje, nunca foi usada, pelo fato de o destacamento da vila estar em estado de abandono.

“É muito importante que nosso governo do estado e secretaria de segurança tomem uma iniciativa com relação ao policiamento naquela localidade, que tem crescido muito com a instalação de uma indústria de beneficiamento de dendê no distrito Equador. Juntamente com o crescimento populacional, temos visto um aumento na criminalidade, o que nos preocupa”, relatou.

Os moradores do distrito relataram que, além do crescimento em casos de roubos, furtos e assaltos, a praça central da vila, que fica localizada ao lado da Escola Estadual Primeiro de Maio e em frente aos prédios do destacamento e casa de apoio, tem sido usada para comércio e usuários de drogas, tornando o local muito perigoso.

OUTRO LADO - A Assessoria de comunicação do Governo do estado informou por meio de nota que, o Comando Geral da Polícia Militar de Roraima (PMRR), tem realizado o policiamento ostensivo e preventivo, bem como o atendimento de ocorrências na Vila do Equador, localizada a 100 Km de Rorainópolis, utilizando policiais militares do destacamento de Nova Colina, situada a 65 Km do local.

A assessoria informou ainda que, a instituição realizou planejamento para implantação de um Destacamento na localidade e aguarda a formação dos novos policiais militares para que isso ocorra.

O Comando da PMRR reforçou que está atendendo as demandas de segurança pública da Vila do Equador de acordo com as possibilidades do efetivo existente, reforçando o policiamento quando necessário.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!