LIBERTATEM III
Operação da PF apura desvio de mais de R$ 50 milhões em 11 municípios de RR
Crimes são de desvios de recursos públicos, corrupção e organização criminosa em prefeituras do Estado
Por Luan Guilherme Correia
Em 05/12/2017 às 09:00
Estão sendo concluídos o cumprimento de 79 mandados de busca e apreensão e 61 Mandados de condução coercitiva (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal em Roraima deflagrou na manhã de hoje, 05, a Operação Libertatem III, decorrente de investigações que apuram desvios de recursos públicos, corrupção e organização criminosa em prefeituras do Estado de Roraima.

Estão sendo concluídos o cumprimento de 79 mandados de busca e apreensão e 61 Mandados de condução coercitiva deferidos pela Justiça Federal em Roraima após representação em Inquérito Policial.

A Operação é decorrente de desdobramento das operações Libertatem I, deflagrada em 30 de janeiro de 2015 e Libertatem II, que ocorreu no dia 15 de dezembro de 2016 para desmantelar organização criminosa que atuava no desvio de recursos públicos, corrupção e organização criminosa na Prefeitura do município de Cantá/RR.

Senhas de contas e sistemas das prefeituras foram apreendidas em poder de empresas contratadas pelas prefeituras. Foi encontrada planilha de divisão de ganhos em licitações entre as empresas aparentemente “concorrentes”, que participavam do conluio criminoso para desvio de recursos públicos federais.

O modus operandi do desvio era similar na maioria dos municípios investigados, através de montagem fraudulenta de processos licitatórios, falsificação de documentos, fraude na licitação e corrupção de servidores públicos.

Os investigados responderam por crimes de fraude à licitação, corrupção, associação e organização criminosa. As investigações continuam e avançam para desvios de recursos públicos atuais. Ao total da Operação Libertatem (I, II e II) foram cumpridas 141 Mandados de Busca e Apreensão e 116 Mandados de Condução Coercitiva, 3 prisões, 20 afastamentos de servidores públicos e apuração de desvios de recursos públicos no valor de 50 milhões de reais.

LIBERTATEM- O nome Libertatem remete ao termo liberdade em latim, em relação à cessação da submissão da população dos municípios de Roraima à organização criminosa investigada.

Após a análise de todo material apreendido nas duas fases anteriores, constatou-se que os desvios de recursos públicos federais também ocorriam em outros 11 Municípios do estado de Roraima, no período de 2012 a 2016.

 *Em 13/11/2017 foram cumpridos 07 Mandados de Busca e Apreensão e 04 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Pacaraima/RR.

*Em 14/11/2017 foram cumpridos 07 Mandados de Busca e Apreensão e 03 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Boa Vista/RR.

*Em 17/11/2017 foram cumpridos 06 Mandados de Busca e Apreensão e 05 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Normandia/RR.

*Em 23/11/2017 foram cumpridos 08 Mandados de Busca e Apreensão e 07 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Amajari/RR.

*Ministério da Justiça Departamento de Polícia Federal Superintendência da Polícia Federal em Roraima em 27/11/2017 foram cumpridos 10 Mandados de Busca e Apreensão e 09 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Alto Alegre/RR.

*Em 29/11/2017 foram cumpridos 05 Mandados de Busca e Apreensão e 04 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Iracema/RR.  

*Em 01/12/2017 foram cumpridos 09 Mandados de Busca e Apreensão e 08 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Mucajaí/RR.

*Em 01/12/2017 foram cumpridos 09 Mandados de Busca e Apreensão e 08 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação no município de Mucajaí/RR.

*Em 05/12/2017 estão sendo cumpridos 24 Mandados de Busca e apreensão e 20 Mandados de Condução Coercitiva referentes a investigação nos municípios de Caroebe, Rorainópolis e Caracaraí/RR.

 

VALDEAN PEREIRA DE SOUZA disse: Em 05/12/2017 às 10:19:40

"E isso é apenas a ponta do Iceberg."