GUERRA DE FACÇÕES
PM prende dupla que tentou matar rival no Anel Viário
Vítima estava consciente quando informou aos policiais o endereço de um dos suspeitos
Por João Barros
Em 07/07/2018 às 01:18
Os criminosos fizeram uso de um revólver calibre 38 carregado com quatro munições que foi apreendido (Foto: Divulgação/Força Tática)

Os criminosos continuam tendo o Anel Viário como preferência dentre os locais de execuções e desova de corpos. A última ocorrência desta natureza aconteceu na tarde da quinta-feira, dia 5, quando uma guarnição da Força Tática, grupo que compõe o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio no Anel Viário, próximo ao bairro Nova Cidade, na zona Oeste da Capital.

Assim que chegou ao local, a equipe se deparou com a vítima, que tinha sido alvejada com dois tiros na cabeça, mas ainda estava consciente e informou aos policiais que tinha sido obrigada, por dois indivíduos, a entrar em um veículo modelo Volkswagen/Saveiro, de cor preta, e aproveitou a oportunidade para indicar o endereço onde um dos possíveis criminosos reside.

A guarnição decidiu ir até ao local indicado e conseguiu localizar um dos envolvidos. O elemento confessou ter participado do crime e informou o endereço do comparsa na tentativa de homicídio. Os policiais conseguiram encontrar o seguindo envolvido que também foi detido. Na garagem da casa estava o carro utilizado pela dupla para levar a vítima até o Anel Viário.

Os dois elementos confessaram que os atos foram motivados por brigas de facções criminosas que disputam espaço em Boa Vista. Ambos receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia para que as providências legais fossem adotadas. A vítima foi levada ao Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima (HGR), para receber atendimento médico especializado.

Um revólver calibre 38, carregado com quatro munições intactas, que estava em posse dos bandidos, foi apreendido junto com o carro. O caso está sob investigação da Polícia Civil. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!