FISCALIZAÇÃO
PRF autua 24 veículos por excesso de velocidade
A finalidade do policiamento é diminuir a letalidade e a violência no trânsito
Por Folha Web
Em 02/09/2017 às 10:00
A ação aconteceu na tarde desta sexta-feira (1°), na BR-174, sentido Manaus/AM (Foto: Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 24 veículos praticando uma das infrações que causam a maior letalidade no trânsito brasileiro, o excesso de velocidade. A ação aconteceu na tarde desta sexta-feira (1°), na BR-174, sentido Manaus/AM, onde se verifica em fins de semana um aumento do fluxo de veículos e também a maior probabilidade de acidentes.

Ao todo foram autuados 24 veículos transitando acima do limite regulamentar da via, sendo um deles com a velocidade acima dos 160 km/h. A finalidade do policiamento é diminuir a letalidade e a violência no trânsito, que ainda apresentam índices históricos, principalmente, envolvendo motocicletas.

Outro ponto a ser considerado é a “Lei dos Faróis” que já está em vigor desde julho de 2016. A aplicação do dispositivo legal permite aumentar a visibilidade aos veículos que vêm em sentidos opostos, aos pedestres e aos motociclistas.

A medida será válida para rodovias federais e estaduais, incluindo as que passam por trechos urbanos, desde que tenham a sinalização de marco quilométrico e a identificação da rodovia. O descumprimento será considerado infração média, com multa de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira de habilitação.

CONHEÇA A LEI QUE TRATA DOS LIMITES DE VELOCIDADE:
Os condutores flagrados em alta velocidade serão penalizados de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Para aqueles que estiverem com excesso de até 20% em relação ao limite, cabe multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Aos condutores que forem pegos excedendo em mais de 20% até 50%, a multa é de 195,23 e cinco pontos na carteira.

A punição mais grave é para os motoristas que transitarem em velocidade que exceda a permitida em mais de 50%, com multa de R$ 880,41, sete pontos na CNH e suspensão do direito de dirigir, uma vez que há previsão de agravante da infração gravíssima em 3 vezes, dada a gravidade da conduta.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!