VIOLÊNCIA
Polícia registra três tentativas de homicídio em menos de 24 horas
Em dois casos, as vítimas foram alvejadas por tiros; No terceiro, por golpes de facão
Por João Barros
Em 31/12/2016 às 00:24

O fim de 2016 está sendo marcado pela quantidade de mortes e tentativas de homicídios. Além de quatro pessoas mortas em uma semana, somente entre a tarde da quinta-feira, 29, e a madrugada de ontem, dia 30, houve quatro atentados contra a vida. Os casos foram registrados no 4º Distrito Policial.

A primeira ocorrência aconteceu no bairro Pintolândia por volta das 16h30 da quinta-feira, 29, quando a PM recebeu um pedido de populares para socorrer um homem que recebeu um disparo de arma de fogo. Quando chegou ao local, a equipe constatou a veracidade dos fatos e percebeu que a vítima, de 21 anos, tinha sido atingida com um tiro no pé esquerdo.

O jovem relatou que o tiro foi efetuado por um indivíduo que trafegava numa moto Honda/Titan cor vermelha e que na ocasião estava acompanhado por mais dois elementos numa moto Honda/Bros cor preta com detalhes brancos. Os criminosos fugiram após a ação que durou alguns segundos. A vítima foi conduzida ao Pronto Socorro Cosme e Silva. A Polícia revelou que o crime pode ter relação direta com o confronto entre as facções criminosas, que atuam dentro e fora dos presídios do estado.

O segundo caso ocorreu às 17h40 da quinta-feira, 29, no bairro Equatorial, zona Oeste, quando um homem de 33 anos e um adolescente de 14 anos foram surpreendidos a tiros. De acordo com as informações da Polícia Militar, dois elementos se aproximaram das vítimas e efetuaram quatro disparos com uma arma de fogo atingindo o homem de raspão na região do tórax e o adolescente com um tiro de raspão no braço.

A guarnição foi acionada via Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) para ir ao endereço onde as vítimas foram alvejadas e assim que chegou ao local descobriu que populares já haviam socorrido as duas pessoas. O homem foi levado ao Pronto Socorro Cosme e Silva, no bairro Pintolândia, e depois de ser atendido pela equipe foi liberado. Já o menor foi removido ao Pronto Socorro Francisco Elesbão, no HGR (Hospital Geral de Roraima).

Testemunhas contaram à polícia que dois indivíduos chegaram em uma motocicleta Honda/Bros, cor preta com detalhes brancos, placa com os números 7642. O condutor do veículo envolvido no crime trajava camisa preta de manga longa, era moreno e magro. O garupa usava camisa de manga comprida e boné.

Enquanto recebia atendimento médico, a vítima de 33 anos relatou que, pelas características do piloto da moto, tudo levava a crer que se tratava de um elemento chamado “Marquinho”, integrante do Comando Vermelho (CV), que há alguns dias viu o suspeito transitando pelo bairro onde o fato ocorreu. Os policiais chegaram a realizar diligências na tentativa de localizar os autores dos disparos e a motocicleta, mas não conseguiram obter êxito nas buscas. A polícia está investigando o caso.

O terceiro crime foi registrado às 05h30, no entanto o caso aconteceu às 03h30 na região do Bom Intento, na zona Rural de Boa Vista. A vítima foi um jovem de 25 anos que informou à Polícia que estava bebendo com o suposto criminoso, que é seu patrão, e após um desentendimento entre eles, o patrão atingiu a vítima com vários golpes de facão, atingindo a região da cabeça na altura do supercílio direito e o dedo indicador direito.

Temendo por sua vida, a vítima afirmou que correu para um sítio vizinho para pedir socorro. A PM foi acionada e o ferido foi levado em estado estável até o grande trauma do HGR, mas antes tentaram localizar o suspeito do crime que acabou fugindo.

Diante dos fatos o jovem que sofreu atentado foi orientado pelos policiais militares a registrar o Boletim de Ocorrência (B.O) para ter respaldo legal e para que o caso chegue ao conhecimento do delegado para que um inquérito possa ser aberto para apurar o crime. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!