INVESTIGAÇÃO
Polícias prendem venezuelano suspeito de fornecer armas de guerra para facção
Em dois dias, essa é a segunda prisão efetuada contra suspeitos de fornecer armamento a facções criminosas
Por Folha Web
Em 13/09/2017 às 01:50
‘Pista Loka’ ostentando armas de grosso calibre (Foto: Divulgação/Dicap)

Pelo segundo dia seguido, equipes da Polícia Federal, Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) e Departamento de Informação e Inteligência da Polícia Militar prenderam um suspeito de integrar e fornecer armamento de guerra a uma facção criminosa. A prisão do venezuelano conhecido como ‘Pista Loka’, de 37 anos, foi cumprida na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo ontem, 12.

Assim como na prisão de Boladão, veiculada na edição de ontem da Folha, o Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) viu indícios suficientes para o pedido de prisão preventiva do venezuelano. A prisão foi decretada pela Vara de Tráfico e Crime Organizado no dia 18 de agosto deste ano.

‘Pista Loka’ estava custodiado na Penitenciaria Agrícola de Monte Cristo, suspeito de praticar roubos em Boa Vista. A investigação já tinha iniciado antes mesmo de o suspeito ser preso pela primeira vez. Ele tem conexão com criminosos da Venezuela e estaria se articulando para fornecer armamentos a uma organização criminosa. “A prisão de ‘Pista Loka’ faz parte de uma série de ações conjuntas entre as polícias visando o enfrentamento e o combate ao crime organizado. Várias prisões ocorreram nos últimos meses e outras ainda estão por vir”, informou a Divisão de Inteligência e Captura.

Estrela disse: Em 13/09/2017 às 14:32:05

"E porque escondeu a cara dele? É dimenor?"