NO CARANÃ
Populares agridem jovem que tentou fugir de bar sem pagar a conta
Por Folha Web
Em 13/07/2018 às 00:44
 A ocorrência foi entregue pelos policiais militares na Central de Flagrantes (Fotos: Neia Dutra) 

Um jovem de 20 anos foi detido e agredido por populares no começo da madrugada de ontem, dia 12, depois de consumir três cervejas e uma carteira de cigarros e tentar sair do bar sem pagar. O estabelecimento fica na Rua Cabo PM Laurindo Araújo Braga, bairro Caranã, na zona Oeste da Capital.

A Polícia Militar fazia patrulhamento de rotina pela região quando encontrou o suspeito caído no chão, todo ensanguentado e rodeado por populares. A dona do bar contou à guarnição que estava atendendo quem chegava e vendeu três cervejas e a carteira de cigarros para o jovem que pouco tempo depois tentou sair sem pagar o que devia.

Quem estava no local informou que, antes da chegada da PM, o indivíduo ficou bastante alterado por ter sido detido, dizendo ser membro de facção criminosa, que tem dois primos que também pertencem ao crime organizado, que eles estão recolhidos no sistema prisional e, por isso, iria cortar a cabeça daqueles que o detiveram.

Devido às escoriações na testa, acima do olho esquerdo, e por estar perdendo sangue, a equipe policial conduziu o suspeito até o Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima (HGR) para receber atendimento médico. Ao fim do procedimento, ele foi levado à Central de Flagrantes do 5º DP para prestar esclarecimentos sobre sua conduta.

Depois de ser ouvido, o delegado de plantão também ouviu a vítima que não quis representar criminalmente contra o jovem. Ela também não informou à polícia o valor da dívida que o suspeito teria com o bar. Por conta disso, o jovem foi liberado. (J.B) 

THIAGO CASTRO disse: Em 13/07/2018 às 11:00:05

"A PEIA FOI POUCA , ERA PRA TEREM ARRANCADO OS BRAÇOS DELE "