TAXISTA LOTAÇÃO
Prefeitura exige curso de aperfeiçoamento e 75% de alvarás podem ser cassados
Por Folha Web
Em 12/09/2017 às 10:00
Conforme dados do SEST/SENAT, apenas 25% dos condutores concluíram a capacitação (Foto:Divulgação)

A Prefeitura Municipal de Boa Vista (PMBV) por meio da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional, anunciou durante audiência pública realizada nesta segunda-feira, 11, na Câmara Municipal de Boa Vista, que partir de janeiro de 2018, será obrigatório que os motoristas de táxis lotação realizem cursos na área de transporte público. A exigência do referido curso, é em cumprimento ao inciso IV, do art. 3º da Lei nº 12.468/2011, bem como da Portaria nº 85/2017.

Segundo dados apresentados pelo secretário municipal de desenvolvimento urbano, Sergio Pillon, apenas 25% dos motoristas cadastrados possui o curso que é ofertado pelo (Serviço Social do Transporte) e (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) - SEST/SENAT.

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura informou ainda que não tem o quantitativo exato, uma vez que o SEST/SENAT ficou de encaminhar uma nova listagem, tendo em vista que semana passada, encerraram-se algumas turmas.

 O curso é de 28 horas/aula, que são: de relações humanas, direção defensiva, primeiros socorros, mecânica e elétrica básica de veículos.

Maria Elisabete Lira do Amaral disse: Em 13/09/2017 às 21:12:16

"E ainda aumentam o volume de músicas que no momento não são bem-vindas!"

Manuel disse: Em 12/09/2017 às 10:45:57

"Boa! Isto realmente é uma necessidade imperiosa... Observa-se que a maioria dos taxistas lotação não tem conhecimento sequer das leis de transito, tipo velocidade máxima urbana, aceleração e desaceleração como se estivessem dirigindo uma trator agrícola, ganancia exagerada não podem ver um companheiro a frente que quer logo ultrapassado para pegar passageiros a frente, bem ao estilo dos caminhões de coleta de lixo... vão a toda velocidade sem se importar com o lado humano. Vão por ai feito malucos para tentar cumprir metas."