COLORFUL LOVE
Projeto fotográfico mostra casais de namorados em ensaio criativo
Gostei (1) Não gostei (1)
A ideia é transmitir a mensagem de que a vida pode ser mais colorida, quando se vive um amor
Por Raisa Carvalho
Em 12/06/2018 às 07:06
Jhully e João escolheram verde e amarelo por conta da chegada da Copa (Fotos: Gildo Junior/ AG Fotografia)

O fotógrafo Gildo Junior usou as cores para expressar uma data cheia de sentimentos e de afeto. Para celebrar o Dia dos Namorados, o projeto Colorful Love traz casais de uma forma inusitada. Com camisetas brancas eles se pintam com tinta em pó colorida, tinta guache e fumaça colorida, utilizando o branco que vestiam ou seus corpos como tela.

Segundo Gildo, a ideia é transmitir a mensagem de que a vida pode ser mais colorida, quando se vive um amor. “A intenção era mostrar não só nas expressões ou paisagens capturadas, mas algo que pudessem demonstrar toda a alegria que é viver momentos a dois. Por isso, a utilização das cores foi o recurso escolhido, oportunizando a possibilidade de dar ênfase a cada momento entre o casal”, explicou o fotógrafo.

Os ensaios ocorreram entre os meses de abril e maio onde os casais foram convidados a ir de camiseta branca em diversos lugares da capital. “´Foi uma brincadeira bacana, onde os casais aceitaram fazer esse estilo de fotos, todos riram bastante e se divertiram também, nós usamos as mais diversas cores, só tivemos cuidado para usar tintas que não agridem a pele. E acho que conseguimos um lindo resultado, e o intuito é mostrar a cor do amor, desses casais que tem suas famílias, e o melhor é que todos os que fotografei continuam apaixonados”, relatou.

Inspiração – A ideia de usar o pó colorido veio da tradição indiana para celebrar a chegada da primavera, o Holi. Nesse período, as pessoas jogam pó colorido umas nas outras celebrando a vitória do bem contra o mal, o pó colorido é conhecido como Zim.

O pó utilizado nos ensaios é biodegradável e antialérgico, criado justamente para a brincadeira de jogar um no outro. Os ensaios fotográficos com essa nova tendência começaram nos Estados Unidos há cerca de três anos, e de lá pra cá, alguns fotógrafos brasileiros também adotaram a ideia com casais mais descolados.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!