POLÍCIA CIVIL
Quatro pessoas foram indiciadas por furto de gado em Mucajaí
O fato ocorreu no início de mês de novembro de 2016
Por Folha Web
Em 17/02/2017 às 15:00

A Delegacia de Polícia Civil de Mucajaí encerrou o inquérito policial que apurava o furto de oito vacas leiteiras e quatro bezerros de uma fazendo em Mucajaí. Os animais estavam num pasto alugado numa fazenda na vicinal 25 na região do Apiaú. O fato ocorreu no início de mês de novembro de 2016.

Os policiais iniciaram as investigações e descobriram que o gado havia sido furtado por R.P.S.F., que na ocasião, contou com a ajuda de J.D.S. Segundo as investigações, os dois contrataram um homem para transportar os animais até uma fazenda na região do Rouxinho, de propriedade do pai de R.P.S.F., que também é investigado.

Conforme foi apurado na investigação, os animais furtados foram transportados em condições suspeitas no período da noite e sem a GTA (Guia de Transporte Animal). Dois animais foram abatidos e vendidos para um açougue em Mucajaí e a proprietária do estabelecimento foi indiciada por receptação, uma vez que sabia que a carne comprada tinha origem ilícita.

Com a finalização do inquérito, os quatro envolvidos foram indiciados por furto. A vítima contabilizou um prejuízo aproximado de R$ 12.000,00, sem contar o tempo que ficou sem produzir queijos. Portanto, o prejuízo pode ser ainda maior, considerando que a vítima cotou seus animais a preço baixo.

R.P.S.F. já foi preso em flagrante delito pelo mesmo crime por policiais da Delegacia de Iracema. Ele ainda está sendo investigado por outros furtos de gado e em pelos menos mais duas investigações, já foi identificado como autor de crime.

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!