BIOMETRIA 2017
Recadastramento biométrico no Cantá inicia no dia 22 de agosto
Tribunal Regional Eleitoral fiirmou um acordo de cooperação com prefeitura de Cantá
Por Folha Web
Em 17/07/2017 às 18:00
Um dos objetivos da biometria é atualizar o cadastro eleitoral, por meio da coleta de impressões digitais, registro fotográfico dos eleitores e revisão dos dados cadastrais (Foto: Divulgação)

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), desembargadora Tânia Vasconcelos e o prefeito Carlos José da Silva (Barbudo) assinaram um acordo de cooperação técnica e operacional para a realização da biometria eleitoral no município de Cantá. O recadastramento biométrico no município será realizado no período de 22 de agosto a 10 de setembro e é obrigatório para todos os eleitores. Também participaram do ato de assinatura do acordo, os vereadores e secretários municipais.

Conforme o texto do acordo, a prefeitura vai disponibilizar servidores municipais para trabalharem no processo de recadastramento biométrico. A prefeitura também disponibilizará transporte para os eleitores e utilizará os meios de comunicação e carros de som para divulgar o cronograma de atendimento e informações pertinentes à biometria eleitoral.

Na análise de Tânia Vasconcelos, essa parceria vai facilitar e garantir que o recadastramento biométrico no Estado seja realizado com sucesso. “A cidadania é uma obrigação de todos, não só da Justiça Eleitoral como também dos municípios. Então, esse acordo é fundamental para atingirmos nossa finalidade”, ressaltou.

O prefeito de Cantá, Carlos José da Silva (Barbudo) comentou que a prefeitura irá colaborar e se empenhar para que a ação seja realizada com êxito. “Podem contar com o nosso apoio.”

A Câmara Municipal também vai cooperar com a realização da biometria ao disponibilizar o plenário da instituição e mobiliários para a realização do atendimento aos eleitores. “Vamos contribuir com tudo que estiver ao nosso alcance para que o recadastramento biométrico atinja sua finalidade”, destacou a vereadora Francisca Ferreira da Silva, presidente da Câmara.

Documentação
Para realizar o recadastramento biométrico, o cidadão deve apresentar um documento de identificação oficial com foto (identidade, carteira profissional, carteira de trabalho ou passaporte), um comprovante de residência atualizado e o título de eleitor (se tiver). Nas comunidades indígenas, basta apresentar uma declaração do tuxaua, comprovando o domicílio.

Segurança

A biometria é uma tecnologia que confere mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação, pois o leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. Com isso, fica praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas. Um dos objetivos da biometria é atualizar o cadastro eleitoral, por meio da coleta de impressões digitais, registro fotográfico dos eleitores e revisão dos dados cadastrais.

Locais de atendimento:

Câmara Municipal - SEDE

Rua Lúcia Eduarda de Queirós, nº 16 - Centro

22 de agosto a 10 de setembro

Vila Central
Esc. Antônio Augusto Martins
29 de agosto a 07 de setembro

Vila Progresso
Escola Alcides Miguel
09 e 10 de setembro


Vila Félix Pinto
Esc. Profª Genira Brito
29 de agosto a 07 de setembro


Vila São José - Baruana
Escola Barbosa de Alencar
08 a 10 de setembro

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!