CRIME
Roraima tem 263 denúncias de exploração sexual infantil
Gostei (1) Não gostei (1)
Delegada da Polícia Civil atribui esse quantitativo de casos ao trabalho que vem sendo realizado por essa rede de proteção a crianças
Por Folha Web
Em 03/08/2017 às 18:00
Para a delegada existem formas de como a sociedade pode proceder para prevenir que novos crimes venham a ocorrer (Foto: Divulgação)

Roraima aparece como líder do ranking de abuso contra meninas no Brasil.
Estado figura em primeiro lugar entre os que tiveram o pior desempenho nacional, com uma média de 85,7% de denúncias.

Segundo a delegada titular Polícia Civil do Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente, Jaira Faria, os dados sobre crimes envolvendo exploração sexual de crianças chegam a 263 denúncias.

"O número é referente apenas a denúncia, não quer dizer exatamente que em Roraima acontece esse total de abusos, os orgãos que trabalham nessa rede de proteção a criança podem enviar denúncias referentes ao mesmo caso havendo uma repetição" relatou.

A delegada atribui esse quantitativo de casos ao trabalho que vem sendo realizado por essa rede de proteção a crianças que envolve instituições federais, estaduais e municipais.

Para a delegada existem formas de como a sociedade pode proceder para prevenir que novos crimes venham a ocorrer, e quais os procedimentos que podem ser tomados para responsabilização de criminosos.

"Além disso, esse número é reflexo de quanto a sociedade tem acreditado no trabalho desses órgãos para combater o crime de abuso. A sociedade tem um papel fundamental, o crime pode ser denúnciado por qualquer pessoa que evidencie o crime, basta entrar em contato com o Núcleo de proteção a criança" disse.

 

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!