APAGÃO
Rorainópolis fica sem energia por mais de 10 horas
Boa Vista também registrou queda e oscilações de energia
Por Jefter Reis
Em 01/09/2017 às 20:00
(Foto: Pesquisa por imagem)

O município de Rorainópolis, ao Sul do Estado, passou por mais um apagão nesta sexta-feira, dia 1º. A interrupção de energia elétrica durou cerca de 10 horas, causando enorme transtorno para toda a população.

Segundo os moradores, as constantes interrupções de energia são comuns e rápidas em toda a cidade. Porém, quando o fornecimento é interrompido por um período longo como esse, de cerca de 10 horas, surgem prejuízos para comerciantes que necessitam da eletricidade para trabalhar.

“Há décadas, Roraima não evolui sobre este problema. Os prejuízos vêm e vão, rotineiramente e nenhuma autoridade política nunca fez nada para impedir esse caos. A população sempre sai perdendo. A energia já é absurdamente cara, funciona pessimamente e ainda temos prejuízos com as carnes que estragam, laticínios entre outros, isso é revoltante”, desabafou um comerciante que preferiu não se identificar.

Os alunos das escolas da rede municipal de ensino tiveram que ser liberados mais cedo, por conta da falta de luz. De acordo com a coordenação das escolas, quando não há energia elétrica, também não há água, o que torna muito difícil o trabalho nas escolas, por causa do calor.

OUTRO LADO - A Eletrobrás, por meio de sua assessoria de comunicação, informou:

“A interrupção do fornecimento de energia no Sul do Estado, nesta sexta-feira, dia 1º, foi ocasionada por árvores na linha de transmissão de 69KV, a usina termelétrica de Novo Paraiso foi acionada, mas alguns municípios ficaram sem energia até que o problema fosse solucionado pelas equipes que estavam trabalhando e restabelecida a linha de transmissão de 69KV que liga os municípios do Sul de Roraima com a Capital”, disse a nota.

Maria Elisabete Lira do Amaral disse: Em 01/09/2017 às 23:19:34

"Moro em Santa Cecília e a energia faltou às 14 horas e chegou às 10h30min. Que absurdo! Absurdo mesmo!"

Maria Elisabete Lira do Amaral disse: Em 01/09/2017 às 23:18:17

"Moro em Santa Cecília e a energia faltou às 14 horas e chegou às 10h30min. Que absurdo! Absurdo mesmo!"