EM BOA VISTA
Sem cabeça, corpo é encontrado boiando em igarapé no Centenário
Jovem saiu de casa na noite de terça-feira por volta das 23 horas; Boletim de Ocorrência relatando o desaparecimento foi registrado no 5º DP
Por Tarsira Rodrigues
Em 21/06/2018 às 00:59
As equipes do Corpo de Bombeiros encontram a cabeça horas depois (Foto: Tarsira Rodrigues)

O corpo de um homem, identificado como Valentino Selestino Oliveira Duarte, de 20 anos, foi encontrado, sem cabeça, boiando em um igarapé localizado no final da Rua João Dantas, no bairro Centenário, zona Oeste de Boa Vista. A vítima estava com as mãos e pés amarrados, o que pode caracterizar que houve tortura antes da morte. O caso ocorreu por volta das 13h de ontem, quarta-feira, 20, e o corpo foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML). 

Na tentativa de encontrar a cabeça do jovem, uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR) iniciou buscas por toda a área onde estava o cadáver e no entorno do local alagado. Segundo a capitã Roseane Anjos, que estava à frente dos trabalhos de buscas, a ação consistiu em uma procura minuciosa. “Fizemos uma incursão na área por meio de uma varredura completa e localizamos a cabeça do jovem”, informou.  

A tia da vítima, que pediu para não ser identificada, conversou com a reportagem e afirmou que Valentino saiu da casa, onde morava com a mulher e três filhos, na noite de terça-feira, 19, por volta das 23h. Um boletim de ocorrência relatando o desaparecimento de Valentino foi registrado pela família no 5º Distrito Policial (5º DP). A vítima morava em uma área de invasão próximo ao local onde foi encontrado, nas proximidades do bairro São Bento, também na zona Oeste. 

O corpo da vítima, ainda segundo a tia, teria sido localizado por um cunhado que estava a procura do jovem. A Polícia Militar e a Delegacia Geral de Homicídios (DGH) estiveram no local do crime, e uma investigação para identificar os autores já foi iniciada. Conforme apurado, o corpo de Valentino deve ser liberado na manhã de hoje, 21. 

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!