SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
Servidores credenciados denunciam falta de pagamento desde janeiro
Gostei (1) Não gostei (0)
A Seed informou em nota que o pagamento dos servidores credenciados foi enviado para o banco nesta terça-feira, 10
Por Folha Web
Em 10/04/2018 às 17:03
(Foto: Pesquisa por imagem)

Servidores credenciados da Secretaria Estadual de Educação e Desportos (Seed) estão sem receber salários desde janeiro deste ano, conforme denúncias enviadas para Folha de Boa Vista esta semana.

De acordo com os denunciantes que foram ouvidos, esses servidores passaram a trabalhar como credenciados da Seed, no atendimento de crianças com necessidades especiais em escolas da Capital.

Uma servidora credenciada, que está trabalhando em escola da zona Oeste de Boa Vista, contou que apesar de já ter cumprido com a única exigência para receber, que é a entrega da nota fiscal avulsa todos os meses na Secretaria da Fazenda (Sefaz), ainda não recebeu pagamento por nenhum mês da prestação de serviço neste ano.

“Sou obrigada a pagar essa taxa, que reafirma a obrigação do meu pagamento, mas nada é feito. Eu já fui várias vezes na Sefaz, e eles alegam que não receberam repasse por parte do governo para que os salários sejam pagos”, informou.

OUTRO LADO - A Seed informou em nota que o pagamento dos servidores credenciados foi enviado para o banco nesta terça-feira, 10, restando apenas a liberação no sistema para estar disponível na conta.

“Por serem pessoas físicas, os prestadores de serviço devem ir à Secretaria Municipal de Finanças para emitir uma nota fiscal avulsa, para receberem o pagamento, pois contribuem para o ISS (Imposto Sobre Serviço)”, finalizou a nota.

Christhian Rodolfo Torres Dominguez disse: Em 03/07/2018 às 13:26:13

"COMISSIONADOS , CREDENCIADOS......ATÉ QUANDO...................CONCURSO JÁ"

socorro disse: Em 10/04/2018 às 21:19:51

"Isso é um total absurdo, pois esses profissionais atuam de maneira eficaz e com compromisso e carinho as crianças especiais. E não são valorizados, pois não recebem seus vencimentos em dia. Vamos olhar com carinho para esses profissionais, pois se vc tivesse uma criança com alguma necessidade física ou algum transtorno, saberia da importância desses acompanhamentos. E quem dar essa assistência não os ver como prioridade. Eles além de ter seus direitos assegurados como qualquer outra, merece atenção especial, Viu senhores Governantes, Por isso valorize esses profissionais. "