LATROCÍNIO
Suspeito de matar economista é mantido preso em Audiência de Custódia
Menores envolvidos no crime ainda não foram denunciados pelo Ministério Público
Por Folha Web
Em 30/08/2017 às 19:21
(Foto: Pesquisa por imagem)

Os quatro jovens envolvidos no homicídio do economista João Bosco Baraúna, assassinado com 19 facadas, na tarde de terça-feira (29), no bairro Jóquei Clube, permanecerão à disposição da Justiça. Na manhã desta terça-feira, 30, o maior de idade passou por Audiência de Custódia e teve sua prisão decretada.

Os três menores de idade que também estão envolvidos no crime ainda estão sob custódia, segundo o TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima), e o Juizado da Infância e Juventude aguarda a representação do Ministério Público Estadual para realizar a Audiência.

Os infratores foram presos pela equipe do Canil da PM, escondidos em um matagal, após abandonar o veículo da vítima.

Todos confessaram o crime (ato infracional/adolescentes) aos delegados.

O menor de 17 anos confessou que enquanto a vítima era esfaqueada ficou pegando as coisas para serem levadas. O adolescente de 16 anos, confessou que desferiu pelo menos 17 facadas na vítima e o menor de 15 anos, confessou que segurou a vítima com um golpe gravata e que desferiu a última facada no economista, impedindo que continuasse gritando pedindo socorro.

O maior de idade confessou que passou as informações da vítima e planejou a ação convidando os adolescentes e que ficou do lado de fora vigiando.

Ele foi flagranteado pela DGH e os adolescentes encaminhados à Central de Flagrantes para lavratura do AAFAI, todos pelo Art. 157 parágrafo 3 (latrocínio).

Um adolescente, que por enquanto é testemunha do caso, informou aos policiais que três infratores desconhecidos chegaram ao portão da residência perguntando pela vítima, mentindo, dizendo que era 'Guilherme', pessoa que a vítima conhecia, e após após abrir o portão, a vítima percebeu a intenção deles, e saiu correndo para o interior da residência, sendo perseguida pelos infratores.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!