SUL DO ESTADO
Suspeitos são presos por participação em homicídio de advogado
Um dos envolvidos foi liberado em Audiência de Custódia
Por Folha Web
Em 19/05/2017 às 09:00
Todos foram autuados por latrocínio e associação criminosa e devem seguir para a cadeia (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Amazonas cumpriu mandados de prisão, na tarde de ontem, 17, pelo latrocínio do advogado Mansur Francês Chehuan Neto, de 32 anos.

O crime ocorreu no bairro Parque 10, Zona Centro-Sul, em Manaus, no dia 24 de abril deste ano. A vítima morreu dois dias depois.

Segundo o delegado Adriano Félix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), parte do grupo foi preso em Manaus, outro em Roraima e Fortaleza. Dos oito presos, sete possuem mandados de prisão pelo crime.

Rafael Rodrigues Maia, 32, vai ser indiciado e liberado, pois foi identificado e preso ontem, no município de Rorainópolis, na região Sul de Roraima, que faz divisa com o Amazonas. Rafael foi quem passou as informações privilegiadas ao bando. Todos foram autuados por latrocínio e associação criminosa e devem seguir para a cadeia.

Os presos são Gedeon Marques Rodrigues, o 'Monstro', 28, Pedro Ramos de Carvalho, 31, Adiel da Silva Tavares, 33, Paulo Henrique Brandão Silva, o 'Tiririca', 31, sua esposa Tatyana Cristina Silveira dos Santos, 23, Paulo Ricardo Silva, 29, irmão de 'Tirirca' e o cadeirante Ericson Fernandes, 36 anos.

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!