ELEIÇÕES 2018
Telmário Mota quer debate público entre pré-candidatos
Gostei (0) Não gostei (4)
Senador, que pretende concorrer ao Governo do Estado, afirma que a sociedade como um todo precisa participar do processo de forma mais efetiva
Por Folha Web
Em 15/05/2018 às 01:37
“Tem que acabar com a caixa preta”, afirmou Telmário Mota (Foto: Agência Senado)

O senador Telmário Mota (PTB) provocou os outros pré-candidatos ao Governo e ao Senado, que vão disputar as eleições em 2018, para que participem de debates públicos com a sociedade civil e apresentem in loco seus planos de governo. “Tem que acabar com a ‘caixa preta’ do candidato ganhar e ninguém saber o que ele vai fazer e não ter compromisso público registrado. Os candidatos têm que mostrar seus planos e provar que estão preparados”, afirmou.

Para Telmário, é preciso que sejam debatidos assuntos na área de segurança, saúde, educação e apresentados planos de governo para saúde. “Também tem que debater com a comunidade universitária. É preciso que sejam perguntas sorteadas e sem vetos, para que não seja um jogo de cartas marcadas e a população possa comprovar quem está preparado. Não pode ser um jogo de cartas marcadas”, reforçou.

O senador, que é pré-candidato ao Governo, acredita que se as propostas de todos os candidatos forem levadas para as comunidades indígenas, os agricultores, universitários, setor produtivo, evangélicos, comerciantes e empresários, todos poderão escolher mais adequadamente seu governante ou representar parlamentar. “Os debates têm que envolver segmentos de forma específica com todos os candidatos juntos em debates segmentados e no final envolver toda a sociedade num grande debate em praça pública ou em um ginásio com a sociedade em geral e todos os concorrentes. Tem que ser um jogo diferente do que está sendo jogado até hoje, para que possamos esperar um resultado melhor nas urnas e eleger realmente pessoas preparadas para líder com o poder”, sugeriu.

Para Mota, é preciso que todos que queiram comandar os rumos do estado de Roraima mostrem aos eleitores seus conhecimentos e programas de trabalho. “Os projetos e planos para Roraima de cada um dos candidatos têm que ser debatidos abertamente com o povo. Senão fica uma caixa preta que não tem jeito. Senão ninguém sabe quem está preparado, quem não está preparado e tudo fica do jeito que está”, comentou.

???? disse: Em 15/05/2018 às 08:33:29

"Quem vai votar nele Curti ai! se não, descurti."