LINHÃO DE TUCURUÍ
Temer promete solução para o problema de energia no Estado
Além da retomada das obras de construção do Linhão de Tucuruí, comitiva tratou da necessidade da retirada das correntes do trecho sul da BR-174
Por Cyneida Correia
Em 17/03/2017 às 01:03
Reunião da bancada foi marcada pelo deputado federal Carlos Andrade e contou com a presença dos parlamentares federais e da governadora Suely Campos ( Foto: Marcos Corrêa)

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), marcou uma nova reunião com a classe política de Roraima para daqui a 50 dias a fim de dar uma resposta definitiva sobre a questão do Linhão do Tucuruí, mas garantiu aos parlamentares roraimenses que vai solucionar o problema. A reunião foi marcada pelo deputado Carlos Andrade, que convidou a governadora Suely Campos (PP) para integrar a comitiva.

“O objetivo do Governo Federal é solucionar essa matéria”, disse Temer em vídeo gravado pela bancada federal. Ele prometeu atuar de forma direta para solucionar os dois grandes entraves para o desenvolvimento do Estado de Roraima. Na ocasião, foi entregue uma carta de intenção com os pleitos dos parlamentares sobre a questão da interligação energética, com a retomada da construção do Linhão de Tucuruí, e a necessidade da retirada das correntes da BR-174, que se estende do posto fiscal de Jundiá até a localidade de Abonari, no Amazonas, totalizando 123 quilômetros. 

Também estiveram presentes de Roraima, na reunião, os deputados Remídio Monai (PR), Hiran Gonçalves (PP), Jhonatan de Jesus (PRB), Maria Helena (PSB), Abel Mesquita (DEM), bem como os senadores Romero Jucá (PMDB) e Thieres Pinto (PTB).

Temer estava acompanhado pelo presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Antônio Fernandes, além dos ministros da Justiça, Osmar Serraglio, e do Meio Ambiente, Sarney Filho, e do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. O presidente da Funai anunciou que vem pessoalmente, no mês de abril, visitar Roraima para dialogar e tentar uma solução harmônica com os indígenas.

 Confira o posicionamento dos políticos sobre a reunião

 GOVERNO – Segundo a governadora Suely Campos (PP), a reunião foi bastante proveitosa. “Roraima precisa muito que essa rede elétrica chegue ao Estado. Temos uma energia elétrica precária e precisamos resolver esse problema. O Estado não pode crescer e desenvolver sem energia confiável”, argumentou.

BANCADA – O deputado Jhonatan de Jesus (PRB) disse que o presidente Temer reconheceu que não há justificativa para a interdição e quer resolver o problema de forma pacífica. “Vamos acompanhar o andamento dos diálogos e reforçar a necessidade de que Roraima seja conectado ao Sistema de Interligação Nacional e a obra de Tucuruí. Nosso Estado não pode ficar de fora de uma obra tão importante para o desenvolvimento regional”, frisou.

O presidente da bancada, Abel Galinha (DEM), afirmou que "todos estão empenhados para resolver o problema energético de Roraima. Todos estamos unidos nessa batalha e vamos conseguir o nosso objetivo", disse.

O deputado federal Remídio Monai afirma que está confiante. “Acredito que estamos avançando. O presidente demonstrou o seu empenho para solucionar os problemas do Estado e já agendou uma nova reunião em 45 dias. Nosso objetivo é continuar acompanhando de perto e atuar para solucionar o mais breve possível esta crise que se arrasta há anos. É importante destacar que esta é uma batalha encampanada de forma integrada pelos deputados federais. A energia segura e de qualidade é uma questão crucial ao desenvolvimento do estado”.

O deputado Hiran Gonçalves (PP) salientou que a luta pela retomada das obras do Linhão de Tucuruí, entre Manaus (AM) e Boa Vista, não é só da bancada de Roraima, mas de todo o povo de Roraima. “O presidente já marcou para daqui a 45 dias um retorno de sua equipe para dar a posição sobre o resultado das negociações e os passos que já foram dados para a retomada das obras do Linhão de Tucuruí”, informou.

A deputada federal Maria Helena Veronese (PSB) disse que o objetivo era pedir um posicionamento do Governo Federal para a construção do Linhão do Tucuruí. “Formalizamos a entrega de um documento, assinado por todos os deputados federais de Roraima, cobrando uma solução para a crise energética em nosso Estado”.

O deputado Carlos Andrade (PHS) não se posicionou sobre a reunião. Os deputados Shéridan (PSDB) e Édio Lopes (PMDB) não compareceram à reunião

Comentários
MARIO DE BRITO LIMA disse: Em 17/03/2017 às 11:54:47

"Sabe o dia que as obras de construção do Linhão de Tucuruí serão retomadas? Simples, vai ser no dia em que o homem pisar na superfície do Sol."

ELIESIO ALMEIDA SILVA disse: Em 17/03/2017 às 09:49:28

"Bonito isso heim rs Shéridan e Dep. Édio "

ADNIL BARROS CAVALCANTE disse: Em 17/03/2017 às 07:41:53

"No início do governo Temer houve uma investida similar de parlamentares e governadora junto ao Planalto e não deu em nada. Os roraimenses de todos os setores da economia vão ficar na torcida para que desta vez dê certo, haja vista que estavam na reunião com o Presidente Temer os ministérios que podem resolver de uma vez por todas a questão energética de nosso Estado."