INFÂNCIA ROUBADA
Tia denuncia padrasto que abusava sexualmente de criança de 11 anos
O suspeito cometia os abusos no período da tarde, quando a mãe da menina estava trabalhando
Por Folha Web
Em 14/07/2017 às 00:42
Prisão foi feita por agentes do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Foto: Arquivo/Folha)

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (NPCA), prendeu no final da tarde de ontem, 13, um homem de 31 anos, suspeito de estuprar a enteada, de apenas 11 anos. A prisão ocorreu no bairro Santa Tereza, zona oeste de Boa Vista. Segundo a delegada Jaira Farias, o padrasto estuprava a criança desde os oito anos de idade e responderá por estupro de vulnerável.

Exames médicos comprovaram a violência sexual cometida contra a menina, conforme informado pela polícia. Ainda de acordo com as autoridades policiais, a denúncia foi feita pela tia da criança. “A menina não falou antes sobre os abusos que sofria porque o padrasto fazia ameaças de morte a ela, ao irmão e a mãe. São características comuns em crimes desta natureza”, contou a delegada.

Em detalhes, a polícia explicou ainda, que a violência ocorria sempre no período da tarde, quando a mãe da criança estava no trabalho ou ele [padrasto] levava a vítima para um balneário na cidade. A delegada contou também que a tia da vítima disse que ela sempre foi uma criança triste. “A pior marca deixada por uma violência dessas é a psicológica”, completou a autoridade policial.

Após os procedimentos na delegacia, o suspeito foi encaminhado à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC), onde ficará à disposição da Justiça.(T.R)

Luiz Junior disse: Em 14/07/2017 às 10:48:30

"Que papem o rabicó dele"

AMS disse: Em 14/07/2017 às 09:36:46

"À disposição da Justiça e dos presos de lá."