SKUNK E COCAÍNA
Traficantes são presos pela Polícia Federal com cápsulas de drogas no estômago
Gostei (0) Não gostei (0)
Por João Barros
Em 07/02/2018 às 00:29
Meio quilo de skunk, 128 cápsulas de cocaína foram encontradas no hotel, no entanto, mais 99 cápsulas estavam no estômago dos suspeitos (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Agentes da Polícia Federal em Roraima prenderam em flagrante delito, na última sexta-feira, dia 2, três homens de origem venezuelana, A.J.I.B, G.A.C.V, e R.E.G.B, pelo crime de tráfico de drogas, como prevê o art. 33 da Lei 11.343/06. 

Os policiais conseguiram chegar até os indivíduos após denúncia anônima. O trio estava em um hotel situado nas proximidades da Rodoviária Internacional de Boa Vista e, assim que os agentes realizaram a abordagem de A.J.I.B, foram encontrados mais de meio quilo de skunk.

As ações prosseguiram e a polícia encontrou e apreendeu em posse de G.A.C.V e R.E.G.B, o total de 128 cápsulas de cloridrato de cocaína, dentre as quais 29 cápsulas estavam em uma bolsa e 99 cápsulas se encontravam no estômago dos traficantes, sendo necessário o encaminhamento deles ao Hospital Geral de Roraima (HGR) para procedimento que pudesse expelir os entorpecentes.

Os traficantes informaram que receberam a droga na Venezuela e teria como destino final Boa Vista e Manaus (AM), onde seria entregue a outro traficante para comercialização.

Os presos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) para realização de exames de integridade física e posteriormente levados à audiência de custódia, de modo que o caso fique à disposição da Justiça.

As denúncias relativas ao tráfico de drogas podem ser feitas à Polícia Federal em Roraima por qualquer pessoa, através do telefone (95) 3621-1500. A identidade da fonte será mantida no anonimato. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!