SERVIÇOS
Usina Jatapu testa terceira turbina de energia
Gostei (14) Não gostei (2)
Pela primeira vez a usina passa por obra de revitalização e complementação
Por Folha Web
Em 17/12/2017 às 18:00
Obra é fruto de um convênio entre a Cerr e a Seinf e custou em torno de R$ 63 milhões (Foto: Neto Figueredo)

Vinte e três anos após ser construída, a Usina Hidrelétrica de Jatapú, localizada no município de Caroebe, região Sul de Roraima, vai funcionar com a capacidade total, de 10 megawatts.

Nesta sexta-feira, 15, a Companhia Energética de Roraima iniciou os testes com três turbinas e na próxima terça-feira, 19, entra em funcionamento a quarta turbina. A obra completa será inaugurada em breve pela governadora Suely Campos (PP).

Durante todo esse tempo, o complexo energético funcionou apenas com as duas turbinas instaladas em 1994, quando foi inaugurada. Por falta de manutenção, a energia produzida já não atendia a demanda dos moradores do Sul do Estado e as turbinas foram retiradas para revitalização.

A obra começou em maio de 2017 contemplando a revitalização de duas unidades geradores antigas que complementam duas outras turbinas, além do reequipamento da subestação elevadora de 69 Kv.

Neste primeiro momento estão energizados os municípios de São Luiz, São João da Baliza e Caroebe, vilas e vicinais. Os testes na usina, na subestação e nas redes de transmissão deverão durar aproximadamente 45 dias.

“Após a entrada da quarta turbina, vamos realizar outras melhorias que são necessárias ao sistema como um novo estudo de carga da região para assim podermos calibrar os reles de proteção com essa nova topologia. Temos ainda pela frente em torno de 45 dias de trabalho, mas os moradores já poderão perceber que vão amenizar as quedas e oscilações de energia”, informou o engenheiro eletricista da Cerr, Márcio Almeida.

A primeira etapa da obra ficou pronta em outubro, com geração de 5 megawatts, após a inauguração da subestação elevadora de 69 kV. Na subestação foi realizada ampliação e instalação de novos equipamentos como quadro de comando de controle, painel de medição e chaves de comando, além da revitalização de dois transformadores de 6 MVA e fornecimento de mais um novo transformador também de 6 MVA, e a instalação de mais um transformador de 5 MVA para atender redes rurais e urbanas.

Por se tratar de geração hídrica é de total confiabilidade em comparação a geração de energia em outros municípios supridos por usinas térmicas. O sistema de Jatapu será interligado ao fornecimento de energia que vem da Venezuela.

JATAPÚ – A Hidrelétrica de Jatapú foi construída entre os anos de 1991 e 1994, no mandato do governador Ottomar de Sousa Pinto, e inaugurada oficialmente em 1994, ano que começou a operar.

Situada no município de Caroebe, a 55 quilômetros da sede, a área da usina tem como principal curso d’ água o Rio Jatapú e ocupa área de mais de 7.412,52 hectares. A hidrelétrica foi construída com recursos próprio do Estado após a aprovação do projeto de impacto ambiental.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
concurseiro disse: Em 18/12/2017 às 07:20:10

"saudades daquele tempo que se fazia hidrelétrica, hoje nem um simples linhão de transmissão conseguimos fazer e ainda tem gente que diz que o brasil melhorou. acordem povo brasileiro..."