FRONTEIRA
Venezuela vive hiperinflação pela primeira vez na história
O país atravessa grave crise humanitária
Por Folha Web
Em 03/11/2017 às 16:00
(Foto: Pesquisa por imagem)

Dados registrados pela Econométrica, divulgados na quinta-feira 2, mostram a Venezuela com uma inflação de 50,6%, o que deixou o país em hiperinflação ao superar uma alta de preços acima de 50% em um único mês.

O calculo foi apresentado pela Assembleia Nacional e entidades privadas, já que o Banco Central não mais divulga o índice.

A Venezuela atravessa grave crise humanitária marcada pela escassez de produtos básicos, como alimentos e remédios.

A Econométrica explicou que há anos a situação propícia para o surgimento de uma hiperinflação. “Os principais fatores são a corrupção, além da emissão descontrolada de dinheiro por parte do Banco Central, que deixou o país com escassez de dinheiro, e a falta de produtos no mercado por causa da queda da produção”, destacou.

Com informações da Agência EFE.

Manuel disse: Em 19/11/2017 às 15:52:51

"Lamento meu caro Castro, votos nulo e em branco não tem peso algum... se o canalha tiver um voto esta eleito, sem contar com a urna que não mprime o voto para permitir um recontagem, auditoria... ainda assim teem o currazão eleitoral não sairão do puleiro tão cedo... os militares para saírem dos quarteis só se cortar a agua, luz, internet e rancho para ver se colocam a cara para fora dos muros."

Castro disse: Em 03/11/2017 às 18:01:21

"Está assim porque os venezuelanos são um povo fraco e covarde no Brasil corrupção e corruptos massacra o povo brasileiro ano a ano e nem por isso os brasileiros saem correndo feito galinhas com medo do fogo aqui no Brasil essa ditadura disfarçada de democracia escraviza o povo trabalhador brasileiro é nem por isso abandonamos nosso país muito pelo contrário vamos votar 100% nulo se não resolver temos que militarizar o Brasil pra combater essa praga de criminalidade"