DURANTE FINAL DE SEMANA
Vinte pessoas são flagradas conduzindo sob efeito de álcool
Durante todo o fim de semana, o Detran-RR realizou a chamada ‘Blitz da Lei Seca’
Por Folha Web
Em 25/09/2017 às 14:00
Durante a operação, 20 pessoas foram flagradas conduzindo o veículo sob o efeito de álcool (Foto: Divulgação)

Durante todo o fim de semana, o Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), realizou a chamada ‘Blitz da Lei Seca’, intensificando a fiscalização no sentido de flagrar pessoas que estão conduzindo sob efeito de álcool.

Durante a operação, 20 pessoas foram flagradas conduzindo o veículo sob o efeito de álcool. De acordo com o presidente do Detran, Titonho Beserra, esse número são alarmantes.

“O resultado é preocupante, porque já no primeiro dia (22) foram pegas 10 pessoas na alcoolemia, um número alto, pois esse ano nenhuma vez se pegou tanta gente, nem mesmo durante o carnaval. Então, quando fazemos a soma, de sexta, sábado e domingo, chegamos ao número de 20 casos. As pessoas precisam entender que a mistura álcool e direção não combina. Daqui pra frente, vamos intensificar a blitz da lei seca”, disse Titonho.

Na blitz, os agentes de trânsito e os policiais militares deslocam-se para mais de um ponto ao longo da noite, com o intuito de buscar um alcance maior da fiscalização.

De acordo com o chefe da fiscalização do Detran-RR, Vilmar Florêncio, a estratégia adotada é de acordo com os pontos de maior índice de acidentes de trânsito e aquelas vias onde tem um maior fluxo de veículos a caminho dos bares da cidade.

“Este é apenas o início de um trabalho de ampliação que vai abranger as próximas blitze realizadas pelo Detran, e essa fiscalização é fundamental para dar continuidade nas reduções dos acidentes de trânsito”, disse.

Numa comparação entre os meses de Janeiro a Agosto deste ano com o ano passado, houve uma redução de 11,1% no número de mortes no trânsito.

A iniciativa da blitz da lei seca está associada à temática que foi proposta pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) para esta Semana Nacional do Trânsito: Minha escolha faz a diferença no Trânsito.

 “Dirigir após ingerir bebida alcoólica é um comportamento que a pessoa põe em risco a vida dele e a do próximo. A negativa desse comportamento pode preservar a segurança ou, ao contrário, causar consequências trágicas”, concluiu Vilmar Florêncio.

BOM EXEMPLO – Durante a blitz da Lei Seca, a condutora Daniela Herrera, apoiou a operação do Detran.

“Esse trabalho tem um efeito de sensibilização dos motoristas e quanto mais fiscalizações, a tendência é que caia o número de flagrantes, bem como os acidentes e as vítimas fatais”, finalizou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!