Por Gildo Júnior
Em 06/09/2019

 EDITORIAL 

Chapada Diamantina, um dos roteiros mais fantásticos pelo interior da Bahia. Repleta de histórias e atrativos turíticos, o Parque Nacional é cuidado e protegido pelo ICMBio. Viajei para a Chapada no período de julho, pois nas pesquisas que fiz, os melhores meses para viajar para o parque seriam entre abril a setembro. É hora de transformar o sonho em realidade e viajar por esta terra de encantos e singularidades!

 FICA A DICA 

Nossa viagem nós fizemos com a empresa Chapada Soul, que é especializada em turismo de aventura na região da Chapada Diamantina, inclusive para quem curte fazer rapel, além do trekking.

Procure pela agência Chapada Soul que possui ótimos pacotes de turismo e aventura na Chapada Diamantina a um ótimo preço e também para a prática deste roteiro, pelo fone Telefone de Plantão: (75) 99940-6004 que também é whatsapp, ou pelo site.

Ah, além das informações que nossos fantásticos guias nos passavam, tive o apoio do Guia da Chapada Diamantina, que você encontra à venda pelo site, nas rodoviárias da Bahia, também em várias lojas pela Chapada Diamantina e/ou pelo site.

 CHAPADA DIAMANTINA – INÍCIO DA VIAGEM 

Todo início de uma nova aventura, dar-se-á por um salto de pensamento, uma mudança de mente e a escolha perfeita do que se quer fazer.

A ida para a Chapada Diamantina foi a realização de um sonho, e, a escolha de como fazer deve ser bem estudada. A exemplo da escolha pela Chapada Soul, vimos seu site, pesquisei em seu insta e percebi o quão atenciosos são, um equipe fantástica e que me levou a conhecer uma Chapada Diamantina que superou minhas expectativas!

Pronto, após escolher o destino e com quem faria, fomos atrás de como chegar lá. Pesquisei em vários sites de passagens aéreas, até achar o melhor valor. Se saísse de Boa Vista iria pagar quase R$ 2.500,00, e saindo por Manaus (comprando pelo site das empresas das companhias aéreas) iria sair por volta de R$ 1.400,00 e por lá (sites de milhas), já com os descontos saíram por R$ 840,00 (ida e volta). Valeu muito a pena dar uma pesquisada (foram alguns dias tentando até achar o melhor valor).

Fui a Manaus de carro, pois na volta iria fazer alguns passeios em Manaus e em Presidente Figueiredo. Gastei um pouco com gasolina, mas tive a mobilidade de ir pra todo lado nessas duas cidades. Mas, caso deseje ir de ônibus, o valor médio praticado pelas empresas de transporte terreste de Boa Vista a Manaus está por R$ 170,00.

Chegando na Bahia, compramos a passagem para Lençóis, município onde é o ponto de saída para o Parque Nacional da Chapada Diamantina. A empresa que que faz o translado se chama pido Federal, faz três viagens por dia para a região, nos horário: 7h, 13h e 23h, sendo 6h25min de viagem, e a passagem custa R$ 88,16. Vale lembrar que o terminal rodoviário de Salvador cobra taxa de embarque no ônibus de R$ 2,00, então para embarcar tem que comprar além da passagem, essa taxa de embarque.

Chegando em Lençóis, já temos essa vista espetacular da cidade, que é bem bonita, charmosa e tranquila.

Fomos direto à Pousada Piçarras, pense numa hospedagem excelente e com uma equipe fantástica.

Por volta das 15:30 a equipe da agência de turismo nos buscou para levar até a parte de cima da Gruta do Lapão onde iríamos fazer o rapel, numa descida de 50m, com toda segurança e apoio do Martins e do Rudi.

Tentei de toda forma fazer, mas, pelo medo que ainda tenho de altura, não consegui, mas meu amigo, Pedro, conseguiu descer e disse que curtiu demais a descida.

Dentro da gruta dá para fazer fotos muito massa e ainda ter essa experiência da descida para os que não tem esse pavor de altura.

Voltamos para a cidade de Lençóis e ali curtimos um pouco da cidade.

A noite de Lençóis em bem agitada e até que não estava tão frio. Lá aproveitei para comer acarajé, que tem de dois tamanhos a pequena que custa R$ 1,00 (tipo degustação) e a de R$ 8,00 (bem maior), para os amantes desse quitute baiano.

Como comi da pequena, fui jantar na noite, lá tem a tão conhecida rua da Baderna, onde acontecem músicas ao vivo e muita comida boa.

Terminando o dia, de uma forma que fiquei sem palavras. Lençóis é linda e vale a pena conhecer. Fechando esse dia com chave de ouro, porque no outro dia estaríamos seguindo para o roteiro das gutas. Que será tema de nossa próxima matéria.

 ROTEIRO VALE DO PATI 3 DIAS / 2 NOITES 

1º DIA: Vamos sair de carro de Lençóis até a Vila do Guiné, entre asfalto e off road.  Iniciamos a trilha no Guiné. Vamos caminhar pelo Gerais do Rio Preto, com uma vista incrível, no caminho tomamos banho de rio e faremos parada para lanche. Seguimos até o Mirante do Vale, onde temos uma visão privilegiada de toda a região. Vamos dormir na casa dos  nativos ( casas que foram adaptadas para receber os visitantes da melhor maneira possível), onde também vamos jantar uma deliciosa comida regional com buffet livre. Nossa caminhada do dia será cerca de 9 km.
2º DIA: Após nosso farto café da manhã vamos conhecer: Cachoeira dos Funis, Cachoeira do Lajedo e Morro do Castelo ( Visual incrível no alto da montanha, onde vamos atravessar uma caverna). Caminhamos em média 12 km, sem carregar peso. Dormimos e jantamos na casa dos nativos.
​3º DIA: Após café da manhã seguimos para o Cachoeirão por cima. São muitas cachoeiras que se formam num cânion que tem mais de 200 m de altura. Durante a trilha tomamos banhos de rio e faremos um farto lanche.  Vamos caminhar cerca de 18 km. A chegarmos no s aleios do Guiné terá um carro da agência nos aguardando para voltarmos à Lençóis.

 

                Esse é um dos roteiros oferecidos pela agência de turismo Chapada Soul, na próxima semana irei contar como foi o meu passeio, no passo a passo de Roraima até a Chapada Diamantina.

BÓRA VIAJAR?

Expresso Gran Sabana feriado de 7 de setembro!!! Grupos saindo dia 06 e voltando dia 07 e também saindo dia 07 e voltando dia 08. Vamos ou bora? Apenas R$ 210,00 já incluso hospedagem, guia, taxa das cachoeiras e transporte saindo de Boa Vista. Vagas LIMITADAS! Entre em contato no 95 98102-0913 e vamos nessa!

ONDE SE HOSPEDAR

Na viagem à Chapada Diamantina, fiquei hospedado em Lençois, na Piçarras Pousada, que fica na rua Urbano Duarte, 159, Centro, Lençois/BA e o telefone para contato é (75) 99974-8163. Com um café da manhã fantástico, um super atendimento e uma hospedagem muito aconchegante. Se vai à Chapada Diamantina, aproveite e se hospede lá. Ah, vale lembrar que fica pertinho das pricipais ruas de Lençóis, rua das Pedras e da Baderna.

    

            Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo