Por Denise Rohnelt Araujo
Em 22/09/2018

Na próxima semana se comemora Cosme e Damião, e segundo a tradição, é dia de distribuir doces para adoçar a vida das crianças nas cidades.
Uma tradição que conheci no Rio de Janeiro e que pouco se vê na Amazônia.

Hoje falo sobre o lançamento do livro do chef Carlos Ribeiro que traz a relação do sincretismo religioso e a culinária, e as comidas dos Orixás.
Aproveito para perguntar se estão gostando da coluna Letras Saborosas na TV Folha BV? Aceito sugestões. Mandem mensagens para letrassaborosas@hotmail.com

Nesta semana podem ver a receita do Pão italiano recheado, feito pela chef Fernanda Nogueira do Sacks Buffet, que reproduzo hoje na edição impressa.
Até o próximo sábado!

PRATO DO DIA: Pão italiano recheado
Chef Fernanda Nogueira

INGREDIENTES:
Pão
500g de farinha de trigo
150 ml de água 
150 ml de leite
01 colher de sopa de fermento biológico seco
1 ½ colher de sopa de açúcar
½ colher de sopa de sal
1/2 colher de sopa de manteiga amole
cida
1/2 colher de sopa de azeite de oliva
01 ovo
Recheio
100g de queijo mussarela
100g de queijo provolone
50g de queijo parmesão
250g de calabresa

MODO DE FAZER:
Colocar numa tigela a farinha, depois o fermento, o açúcar, o sal, o azeite, a manteiga, e o ovo. Amornar o leite com a água e colocar na massa misturando bem todos os ingredientes. Colocar literalmente a mão na massa. 

Sovar a massa por 10 minutos, colocar numa tigela e fechar com papel filme, para dobrar de tamanho, por 30 minutos.
Misturar todos os ingredientes do recheio numa tigela, sendo que a calabresa é frita na frigideira antes de misturar.

Abrir a massa com rolo, rechear e montar como se fosse um rocambole. Deixar crescer mais um pouco, pincelar o pão com ovo batido antes de colocar no forno.

Forno pré-aquecido a 220°C, assar por vinte minutos ou mais, dependendo do forno.

“COMIDA DE SANTO QUE SE COME” LIVRO ELABORADO PELO CHEF CARLOS RIBEIRO, REVISITA AS RECEITAS SAGRADAS PARA SERVIR À BOA MESA

No dia 27 de setembro se comemora Cosme e Damião no catolicismo. No Candomblé eles são conhecidos como os Ibejis ou Êres, e é costume fazer caruru ( um cozido feito com quiabo) para Cosme e Damião na Bahia. 

Para entender mais sobre a relação da comida com o Candomblé, o chef paraibano Carlos Ribeiro, do restaurante Na Cozinha, em São Paulo, escreveu o livro Comida de Santo que se come (Ed. Arole Cultural).

Segundo o babalorixá e fundador da Editora Arole Cultural, Diego de Oxóssi, uma das primeiras lições ensinadas no Candomblé, é que a magia e os segredos dos Orixás se aprendem na cozinha. E continua explicando que  “é quase impossível falar de comida dos orixás sem abordar o sincretismo religioso e o regionalismo brasileiro”. 

Ao revisitar os pratos sagrados dos Orixás e, deles criar 35 receitas profanas, o Chef Carlos Ribeiro promove um banquete que cumpre a principal função da religião: o religare da matéria e do espírito, o compartilhar da vida, dos sabores e dos prazeres. O livro, ilustrado pelo autor, conta com orelha escrita por Bel Coelho, prefácio pelo também escritor e babalorixá Rodney William Eugênio e capítulo especial do pesquisador, professor e babalorixá Vilson Caetano. Se quiser saber mais, acesse www.comidadesanto.com.br.

MAIOR CIRCUITO DE GASTRONOMIA DO PAÍS DESEMBARCA EM GRAMADO DE 16 A 18 DE OUTUBRO COM GRANDES NOMES DA COZINHA NACIONAL E LOCAL

De 16 a 18 de outubro, o Mesa ao Vivo Rio Grande do Sul – Edição Gramado, ação itinerante promovida pelo Mundo MESA que visita diversos estados brasileiros durante o ano, desembarca na serra gaúcha. Um evento de lançamento do Hotel Wood abrirá o circuito no dia 16 à noite. Nos outros dois dias haverá programação com palestras, degustações, jantares e aulas em torno do tema “Comida de Verdade: a Vanguarda Gaúcha”.

A 15 minutos do centro da cidade, o Mesa ao Vivo será montado em uma casa centenária típica de imigrantes italianos, no coração de um sítio rodeado por matas naturais, com um riacho e uma roda d’água. Entre os chefs e profissionais do setor convidados estão Guga Rocha (AL), Carlos Bertolazzi (SP), Manu Buffara (PR), e os gaúchos Rodrigo Bellora, Marcos Livi e Marcelo Sartori, que preencherão os dois dias de evento com uma programação intensa de sabores e técnicas de cozinha.

Com uma equipe completa produzindo conteúdo ao vivo sob os olhos do público para a revista e as redes sociais da Prazeres da Mesa.

Além de assistir a recheada programação de aulas, quem adquirir ingressos para o Mesa ao Vivo terá acesso ao Empório Mesa, um espaço com degustação livre de produtos artesanais, vinhos e outras bebidas, além de exposição de utensílios e itens especiais para incrementar a cozinha. Ainda vai acontecer o Jantar Magno no dia 17 no restaurante do Hotel Casa na Montanha; e no dia 18 o evento se encerra com o Brasa na Mesa, um mega churrasco no estilo fogo de chão.

Compra de ingressos e mais informações no site: www.mesaaovivoriograndedosul.com.br

QUENTINHAS DA CAPITAL
•    A Casa Freitas – Vinhos & Empório, vai começar as noites temáticas na próxima quarta, dia 26 de setembro. Sempre às quartas feiras, a partir das 20 horas, o proprietário Beto Freitas vai ter um prato especial para ser servido, mas o cliente terá que reservar pelo telefone 3224-0286. No lançamento o prato escolhido é um fettuccine ao molho bechamel com salmão defumado, o vinho não está incluído. A Casa Freitas fica na Avenida Villeroy, 4293 – Canarinho. 

•    No dia 20 de outubro vai acontecer o evento Oktoberfest 2018, uma parceria do Mestre-Cervejeiro. com Boa Vista, a Agência Like U e a Cervejaria Boa Vista. Eles já iniciaram as vendas da caneca personalizada que também terá direito a um litro de chope. As canecas serão entregues na semana do evento, na Avenida Major Willians 937, Centro. Mais informações (95)3623-2825/98124-1001.

•    O restaurante Casa da Árvore do chef Jorge Cardoso iniciou a “Noite de Massas” todas as sextas feiras a partir das 19 horas. O serviço será um rodízio de massas artesanais feitas pelo chef e sua equipe. O cardápio terá rondelli de queijo e presunto, lasanha de bacalhau, fettuccine com mexilhão, penne a romanesca, nhoque com ragu de lingüiça, entre outros pratos. O valor do rodízio é de R$25,00 para adulto e R$12,00 para criança até 12 anos. As bebidas não estão incluídas. O restaurante fica na rua Adolfo Brasil, 4141- São Francisco; telefone 99164-5025.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas