Por Denise Rohnelt Araujo
Em 15/06/2019

Prazeres da Mesa

Revista premia os melhores do ano na gastronomia

 

Considerado o “Oscar” da gastronomia, o prêmio na primeira fase tem aproximadamente 200 especialistas da área que indicam seus favoritos em cada categoria, depois a equipe da revista apura os resultados e seleciona os finalistas. Somente depois que os finalistas vão para votação popular. Apenas as categorias: Personalidade da Gastronomia e Responsabilidade Social são escolhidos pela revista Prazeres da Mesa.

Este ano a novidade foi o prêmio Restaurateur do ano que foi escolhido pela revista e pela diretoria da Escola de Gestão em Negócios da Gastronomia.

Premiados

O espaço é pequeno, mas quero registrar alguns dos vencedores do ano. O chef mineiro Ivo Faria, do restaurante Vecchio Sogno foi eleito Personalidade da Gastronomia. O restaurante carioca Oteque comandado pelo chef Alberto Landgraf foi eleito o melhor do ano. A jovem chef paranaense Manu Buffara conquistou o prêmio de Chef do Ano e o seu restaurante Manu recebeu o prêmio de melhor restaurante do Sul. 

O chef tapajônico Saulo Jennings do restaurante Casa do Saulo que fica em Santarém no Pará, recebeu pelo segundo ano consecutivo, o prêmio de melhor da Região Norte. O restaurante Tanit (SP) do chef catalão Oscar Bosch recebeu o prêmio de melhor da região sudeste.  

O projeto Gastronomia Periférica que une a gastronomia e o serviço social oferece oficinas culinárias para pessoas de baixa renda da periferia paulistana, o chef Edson Leite recebeu pelo projeto o prêmio Responsabilidade Social. A jovem chef Renata Vanzetto recebeu o novo prêmio de Restauratrice do ano.

A baiana Tereza Paim e o seu restaurante Casa de Tereza recebeu o prêmio de melhor restaurante do nordeste e o restaurante cuiabano Mahalo da chef Ariani Malouf ganhou como o melhor da região centro-oeste. Esses foram às principais premiações, mas o prêmio Melhores do Ano da revista Prazeres da Mesa ainda premia outras categorias que podem ser conferidos na revista ou pelo site: prazeresdamesa.uol.com.br

Fispal Food Service e as novidades do mercado de alimentação fora do lar

Esta semana estive participando da Fispal Food Service, a maior feira para o setor de alimentação fora do lar da América Latina, que chegou a sua 35ª edição neste ano. Mais de 50 mil pessoas passaram pelo pavilhão do Expo Center Norte, entre os dias 11 e 14 de junho para conferir as mais novas soluções, lançamentos e inovações de 470 expositores e 1.800 marcas para restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, hotéis e demais estabelecimentos do setor.

Além das empresas brasileiras, teve expositores vindo de diversos países, como Egito, Grécia, Indonésia, Tailândia, China, Sri Lanka, Itália, entre outros.

Feira

A feira trouxe uma série de atrações inéditas que foram desenvolvidas para aprimorar o conhecimento dos empresários que atuam na alimentação fora do lar. “O food service no Brasil vem crescendo ano a ano no Brasil e tem potencial para expandir muito mais, contudo para acompanhar este ritmo é preciso que o empresário esteja antenado com as principais exigências do consumidor”, comenta Clélia Iwaki, diretora da Feira.

Inovação

O espaço Fispal Innovation, foi criado para apresentar inovações que chegam para ajudar a ampliar a competitividade de empresas deste setor. Um dos principais destaques desta exposição foi um robô que auxilia restaurantes no atendimento ao cliente, a tecnologia reduz custos com mão de obra e, ainda, proporciona uma melhor experiência aos visitantes. O robô recepciona o cliente com frases de boas-vindas, pesa o prato, entrega a comanda, registra os dados e envia para o sistema de gestão do estabelecimento.

Tecnologia

Na mesma área da tecnologia de ponta, apresentaram uma plataforma para gestão de Inteligência Artificial, IoT e Robôs que promove integração e conectividade. 

O cookingcenter é uma inovação para cozinhas profissionais, pois permite o cozimento de alimentos até quatro vezes mais rápido do que os equipamentos convencionais, como um caldeirão automatizado que faz a mistura automática dos ingredientes, o que facilita o processo e garante agilidade.

Outro destaque que vi foi uma loja móvel que pode ser utilizada em ambientes internos e externos, a partir de uma matriz energética autônoma e uma estação de trabalho compacta com espaço para a produção de gelato artesanal para sua preservação, exposição e venda em um único ambiente.

Mercado

A feira teve atrações setorizadas e gratuitas para atender às necessidades de públicos específicos. Para quem trabalha no mercado de sorvetes, a Escola de Gelados, na sua terceira edição, apresentou novas técnicas de produção e demonstrações práticas de quais as tendências em sabores. 

Culinária Vegana

A Trilha do Ultracongelado, foi o espaço diferenciado para apresentar o passo a passo do processo de ultracongelamento e de porcionamento dos alimentos. 

De olho em tendências de mercado, a Sociedade Vegetariana Brasileira levou o programa Opção Vegana, cujo objetivo foi auxiliar empresas do segmento a implantarem ou ampliarem pratos sem produtos de origem animal. Lá entre outros produtos, conheci o bacon vegano elaborado com base de amidos defumados, com sabor bem interessante, feito artesanalmente pela empresa Naturinni.

Outra novidade foi o canudo comestível, biodegradável, saborizado e aromatizado nos sabores de chocolate, canela,lima, maçã verde, morango, gengibre, limão e neutro. O Sorbos é uma marca catalã sem glúten e sem lactose, com 23 calorias. Saiba mais no site: www.wearesorbos.com

O Eden Coco, é água de coco 100% natural, sem conservante químico com uma embalagem original, que utiliza o próprio coco verde com um sistema inovador que permite ao fruto ter uma abertura como uma latinha de alumínio. Basta puxar o lacre e colocar um canudo para tomar. Acessem: www.edencoco.com.br

Delegação amazonense

Estive com a delegação do estado do Amazonas que apresentou o projeto Peixe na Brasa com pratos elaborados pelos chefs: Hiroya Takano do restaurante Shin Suzuran com um prato Yakizakana de matrinxã com salada Panc; o chef Milton Rola do restaurante Estória de Pescador apresentou um espeto de pirarucu com arroz com jambu e tucupi. O chef Paulo Fortunato do restaurante Fish Maria serviu o prato Tambaqui de Bubuia que era costela de tambaqui assada servida com purê de macaxeira e queijo coalho.

Gastronomia regional

Falando na Abrasel do Amazonas, temos duas novidades. A primeira é a terceira edição da Feira Internacional de Gastronomia Amazônica – FIGA, que já tem data marcada, será de 26 a 28 de setembro no Centro de Convenções do Estado com grandes nomes da gastronomia nacional e internacional. A outra novidade foi a apresentação do Kit Tacacá do Fish Maria do chef Paulo Fortunato. A caixa contém um litro de tucupi, duas cuias, quatro porções de camarão seco, quatro porções de jambu e goma em pó, tudo congelado, preparado para levar para casa com a receita na embalagem.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas