Letras Saborosas - Folha de Boa Vista
Por Denise Rohnelt Araujo
Em 03/12/2021

Olá queridos leitores!

GURU A NOVA APOSTA DA TRAMONTINA QUE CONECTA A COZINHA
COM O MUNDO DA INTERNET DAS COISAS (IOT) 

Crédito: Debora Zandonai/ Divulgação

Definitivamente entramos na era Jetson, lembra dos desenhos da família espacial do
futuro? Essa semana a empresa gaúcha Tramontina fez o lançamento virtual de um produto
inovador que promete ser a evolução da cozinha, e do livro de receitas também. Em
dezembro de 2021, no ano em que completou 110 anos, a Tramontina apresenta o
GURU - cooktop conectado que ajuda a cozinhar. O lançamento é o primeiro da marca
a utilizar a Internet das Coisas (IoT) e garante a qualquer usuário o preparo dos mais
diversos pratos a partir de receitas guiadas, controles de temperatura, peso e tempo.
“Muito mais que um equipamento, o GURU será o mais novo parceiro da casa
conectada, que vai tornar fácil a criação de uma lista de receitas em constante
crescimento, da mais simples à elaborada”, afirma Riccardo Bianchi, diretor da
Tramontina. 

 Neste lançamento, a marca une três públicos: os fascinados por novidades em
tecnologia, os que curtem se aventurar na cozinha e aqueles que são iniciantes no
preparo de refeições em casa - seja para si, para a família e também para receber e
impressionar amigos. A experiência completa acontece por meio de um aplicativo - no celular ou tablet -
conectado ao cooktop que pode ser utilizado em qualquer lugar, basta estar plugado
na tomada e com acesso à Internet. Depois de escolher entre as mais de 150 receitas
já disponíveis no sistema - número que irá crescer ao longo do tempo -, o usuário é
guiado passo a passo por meio de vídeos e textos.
O sensor de temperatura e a balança integrados são o segredo para a precisão no
processo, transformando quem usa num cozinheiro de mão cheia, sem se preocupar
com o tempo, quantidade de calor, entre outros detalhes de cada receita.
O funcionamento por indução - ou seja, quando o calor gerado do fundo da panela é
transferido diretamente para o alimento por meio de campo eletromagnético abaixo
da superfície vitrocerâmica - garante a segurança e eficiência no preparo.
Todas as receitas da lista foram criadas e testadas pelo chef da Tramontina, Elzio
Callefi. O GURU, ainda, vai possibilitar maior conexão da marca com o cliente que, via
aplicativo, poderá avaliar as receitas e o próprio produto, sempre aberto a evoluções.
O aplicativo acompanha o usuário desde a lista de compras dos ingredientes e
utensílios, até a hora de servir. Também permite o acesso a informações nutricionais,
como quantidade de calorias dos pratos. E, quando o usuário se sentir seguro, pode
também optar pelo modo manual, improvisando em suas próprias receitas. “De
repente, você está cozinhando e quando vê, já trocou o app que te ajuda a pedir, pelo
app que te ajuda a fazer comida”, destaca o diretor. 
O GURU será vendido como parte de um kit que conta, também, com régua e colheres
medidoras e duas panelas da marca - uma caçarola de inox da linha Brava e uma
frigideira antiaderente da linha Mônaco - que são ideais para o preparo das receitas do
aplicativo. Essas, junto com mais três modelos Tramontina - a espagueteira e frigideira
de inox Brava e uma caçarola antiaderente Mônaco - garantem precisão e eficácia no
resultado final, pois foram a base para os testes no GURU, ainda antes do lançamento. 

O valor do kit com 2 panelas + régua e colheres + GURU será de R$ 2.099,00. Pode ser
encontrado nos canais próprios da Tramontina - lojas T factory, T store e e-commerce,
além no clientes FAST Shop e nas lojas exclusivas Via Inox e Supreme Inox. 

RECEITA DO DIA 

A sugestão de hoje é para o almoço de Natal, que tal substituir as aves natalinas como peru,
chester que estão com preços altos e fazer um prato bem bonito e saboroso usando frango. 

Rolê de frango com ricota e tomate seco   

INGREDIENTES
01 kg de filé de coxa de frango
100g de tomate seco
100ml de azeite
10g de sal
02 limões
150g de ricota
10g de cebolinha
Cebola e alho a gosto


MODO DE PREPARO: 
Tempere os filés com sal e limão. Desmanche a ricota. Descanse e pique o alho e a
cebola. Pique o tomate seco. Reserve. Em um bowl, misture todos os ingredientes e
recheie os filés. Coloque em uma travessa e leve ao forno por 45 minutos. Sirva em
seguida.  

A receita é da franquia Divino Fogão, acessem: www.divinofogao.com.br

Tropicalidade, diversidade e comemoração nas borbulhas


A retomada dos eventos, o aumento da imunização, o gradual retorno da vida pré-
pandemia e a aproximação das festas de final de ano indicam que este Natal e
Reveillon serão inesquecíveis. O desejo de celebrar a vida, de reunir a família e os
amigos, de brindar o Ano Novo que está por vir chega carregado de emoções e
sentimentos que ficaram aprisionados durante quase dois anos. E nesta hora o que
não pode faltar é um espumante bem gelado.
A Miolo Wine Group tem 16 rótulos com as marcas Miolo, Terranova, Miolo Seival e
Almadén que trazem brasilidade na cor, nos aromas e nos sabores, com opções
descontraídas até as mais sofisticadas. São espumantes para todos os gostos e
momentos, indo do Moscatel ao Sur Lie Nature com 10 anos de cave, com preços que
vão de R$ 25 a R$ 400, além de todo portfólio ser 100% vegano, exibindo o Selo da The
Vegan Society.

O Terranova Tropical Moscatel, espumante que nasce no sertão do Nordeste
brasileiro, é o mais vendido do grupo, sendo apreciado de Norte a Sul do país. Ideal
para o verão, ele traz a alegria e descontração do povo brasileiro.
As uvas Moscatéis estão entre as que melhor se adaptaram ao terroir devido a
influência do sol. A leveza do espumante retrata o que o solo do Vale do São Francisco
é capaz de oferecer. Elaborado com uvas colhidas o ano inteiro, já que os vinhedos são
irrigados por sistema de gotejamento com as águas do Velho Chico, traz como grande
diferencial um frescor único que só é possível nesta região. Isso porque as uvas são
colhidas o ano todo e o espumante é elaborado nas quatro estações, chegando ao
mercado muito mais fresco, como deve ser.
Os rótulos das marcas Terranova, Miolo Seival e Almadén colocam na taça toda
pluralidade que o Brasil esbanja com um excelente custo-benefício. Elaborados com
cultivares tradicionais com a expressão de três terroirs, como Chardonnay e Pinot Noir,
mas também com castas diferentes como Chenin Blanc, Sauvignon Blanc, Verdejo,
Moscato, Grenache, Pinot Gris, Shiraz e Semillon, são espumantes ideais para celebrar,
fáceis de beber.


Outro destaque é a linha Miolo Cuvée, o primeiro espumante da Miolo. Os 25 anos do
produto foram comemorados em 2020 com o lançamento de um Nature, além do Selo
de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV) nos quatro espumantes da
linha. Suas borbulhas finas e persistentes e, principalmente, seu frescor, elegância e
versatilidade conquistaram o mundo, com presença em 15 países. Assim, o espumante
brasileiro mais vendido em Paris também é a bebida oficial do Natal Luz de Gramado
há 15 anos.
Agora, quem busca sofisticação, a recomendação é o Miolo Íride Sur Lie Nature 10
Anos, o Miolo Millésime Brut DOVV ou o Miolo Millésime Brut Rosé DOVV. Hoje, 24%
da produção anual da Miolo é de espumantes. No ano passado, a empresa
comercializou 1,9 milhão de garrafas de espumantes. A meta até o final de 2021 é de
ultrapassar as 2,2 milhões de unidades. 


FRISANTES
Outra boa dica da empresa para a estação são os novos frisantes, elaborados com uvas
moscatéis cultivadas no Vale do São Francisco. O clima tropical seco da Bahia é
perfeito para este tipo de uva, agregando mais frescor e intensidade aromática ao
produto. O Almadén Moscatel Frisante nas versões Blanc e Rosé traz a leveza do verão.
E ainda tem o fenômeno do consumo do Miolo Seleção Rosé, o ‘queridinho’ brasileiro
que atualmente é o principal player do mercado. 


COLEÇÃO DE ESPUMANTES DA MIOLO WINE GROUP
Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos DOVV
Miolo Millésime Brut DOVV
Miolo Millésime Brut Rosé DOVV
Miolo Cuvée Brut DOVV
Miolo Cuvée Nature DOVV
Miolo Cuvée Brut Rosé DOVV
Miolo Cuvée Demi-Sec DOVV
Terranova Brut
Terranova Brut Rosé
Terranova Demi-Sec
Terranova Moscatel

Almadén Brut
Almadén Brut Rosé
Almadén Demi-Sec
Miolo Seival by Brut
Miolo Seival Brut Rosé 

Etiqueta Preventiva e Eventos pós Covid-19 

Crédito: Patricia Vargas/ Divulgação

Semana passada estive conversando com a jornalista Claudia Matarazzo, especialista 
em etiqueta e comportamento sobre como as pessoas devem se comportar com
relação ao momento pandêmico que estamos vivendo e que teremos que conviver
ainda mais um tempo. E ela me mandou esse artigo sobre a etiqueta preventiva que
quero compartilhar com vocês.


Por Claudia Matarazzo
A pandemia de Covid19 que teve início em 2020 ameaça continuar conosco (com
vacinas e outras variantes) pelo terceiro ano.
Temos duas direções claras no tange o comportamento: manter o negacionismo
leviano ou tomar as rédeas de nossas vidas aplicando com rigor não apenas as medidas
de isolamento e distanciamento, mas também a Etiqueta Preventiva.
Ora, se antes da pandemia Covid 19 a Etiqueta era considerada importante, nesse
retorno as atividades presencias ela é essencial, pois a Etiqueta Preventiva acrescenta
fator fundamental nessa delicada transição: a Bio Segurança.
O Desafio – enquanto a Etiqueta tradicional sempre focou em aspectos como o trato
agradável e um cenário que embeleze as relações pessoais, na Preventiva temos que
agregar os elementos de segurança de forma a manter um certo glamour.
O “Novo Receber Bem” - principalmente na empresa, onde a tendência é de maior
circulação de pessoas, priorize a informação ao cliente ou convidado quanto a:
 número de pessoas presentes
 tamanho e formato do espaço
 roteiro do que vai acontecer e como
 tipo de serviço, se há ventilação suficiente etc.
Assim o convidado ( ou sua assessoria) pode se preparar e, como pode ter outras
aflições, terá a chance de perguntar, tirar dúvidas e deixar clara a sua posição...
Convite – sempre que possível, é interessante retomar o convite por voz ao vivo: um
telefonema ou em áudio. Assim, é possível explicar quantas pessoas serão, que
cuidados está tomando etc
Máscaras – quando tirar? Tanto em ambientes sociais quanto empresariais é
importante o anfitrião dar um sinal no sentido de perguntar se a pessoa quer
continuar com a máscara - deixando claro que ele não se incomoda (ou quer se
incomoda e que prefere que continue)...
Isso vai depender do número de convidados/pessoas no recinto, da distância, e
sempre, sempre mesmo é interessante chegar de máscara e permanecer com ela.
Máscaras descartáveis – ter sempre a mão um estoque delas. E não ter medo de
oferecer. Deixe-as a vista em um recipiente charmoso.

Refeições – em jantares ou almoços sociais ou de negócios é preciso tirar a máscara.
No caso de eventos sociais esse momento seria na hora do “aperitivo”. No caso de
refeições de negócios, passa-se a mesa diretamente.
Serviço – pelo menos por enquanto é mais indicado o serviço “a inglesa indireta em
que um só profissional serve os pratos a cada convidado. Ou o empratado simples.
Saquinhos sim: o anfitrião oferecer saquinhos plásticos na sequência para que todos
tenham onde guardar - e não se veja um festival de máscaras largadas sobre mesas,
sofás etc.
Cafezinho – ideal é que sejam entregues com pires (mesmo copinhos descartáveis)
para a pessoa evitando tocar em copos e xícaras que irão direto aos lábios do outro
Distância correta: não tem jeito 1metro é o mínimo do mínimo - sem máscara.
Mantenha o espaço pronto para mesas maiores ou duas mesas com mais espaço entre
as pessoas. 

Denise Rohnelt Araujo
letrassaborosas@hotmail.com
@letrassaborosas
Jornalista, cozinheira, curadora de eventos gastronômicos, pesquisadora da cozinha amazônica e da cultura alimentar Indígena. Sempre em busca de novos ingredientes para sua cozinha no extremo norte brasileiro.
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!