Parabólica 18/08/2022 - Folha de Boa Vista
Por Parabólica
Em 18/08/2022

Bom dia,

Hoje é quinta-feira (18.08). O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, é sem dúvida um dos mais cultos dentre os 11 que compõem aquela corte. Com nítida simpatia por teses de esquerda, Barroso diz que ser preciso no Brasil evitar que “a política seja criminalizada e que o crime seja politizado”. Ele diz isso ao lembrar a Operação Lava Jato, que revelou faz pouco menos de quatro anos o maior esquema de corrupção jamais visto na história brasileira. O ministro do STF diz que a operação Lava Jato revelou fatos criminosos praticados por políticos, servidores públicos e empresários durante os governos do PT, que exigem punição exemplar para que o país não continue afundado no atoleiro econômico e moral atual.

A lembrança dessas afirmações de Luís Roberto Barroso vem a propósito da solenidade de posse na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do também ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Morais. O evento reuniu a nata do mundo político tupiniquim, incluindo, parlamentares - os presidentes do Senado Federal da Câmara dos Deputados-; todos os ministros do STF; o presidente da República; ex-presidentes da República - estavam lá Dilma Rousseff, Sarney, Temer e Lula-; juristas e muito mais. Nos discursos do empossado, do procurador-geral da República, do vice- presidente do TSE; e do corregedor-geral eleitoral nenhuma palavra sobre corrupção. Com certeza para não constranger alguns dos presentes.

       

COMO DITO

Faz duas semanas, a Parabólica anunciou que a deputada federal Sheridan de Oliveira (PSDB), que não está disputando a eleição deste ano, iria transferir seu domicílio eleitoral para Rorainópolis, para disputar a prefeitura daquele município na eleição de 2024. Ontem, Sheridan faz divulgar um vídeo onde anuncia ter concluída a compra e a reforma de uma casa na capital daquele município, que tem o segundo maior colégio eleitoral do estado, e por via disso, possuiu também o segundo orçamento estadual. Perde apenas para Boa Vista. A tucana, que pediu votos para o marido Duda Ramos (MDB), candidato a deputado federal, afirmou que sua atenção política daqui para frente vai se concentrar no Sul do estado.

PROS

As idas e vindas no comando do PROS que vinha mudando de presidência nacional por decisão judicial, estão trazendo enorme dificuldade para os candidatos da sigla aqui em Roraima. A última dessas decisões judicial mandou devolver a presidência a Eurípedes Júnior, que cancelou a indicação do candidato do partido a presidência e declarou apoio a Lula da Silva (PT). Aqui, o ex-presidente Marcos Holanda foi ungido em convenção o primeiro suplente do senador Telmário Mota, candidato à reeleição. Sem o comando nacional do partido, Holanda oportunisticamente renunciou a indicação, o que irritou Telmário, que divulgou áudio dizendo poucas e boas contra ele.

AFASTAMENTO

A comissão externa do Senado Federal, formada quase na totalidade por senadores de oposição ao governo de Jair Bolsonaro (PL) decidiu pedir o afastamento do presidente da FUNAI, Marcelo Xavier da Silva. Os senadores apontam Xavier como o principal responsável pelos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, ocorrido no interior do Amazonas. A acusação é fundamentada, segundo os políticos, na ausência de fiscalização por parte da FUNAI que não tem sido capaz de evitar a presença de pescadores e traficantes de drogas que operam livremente na terra indígena. O presidente da FUNAI diz que os senadores só ouviram integrantes de organizações não governamentais, existem às centenas na Amazônia.

IMPUGNAÇÃO?

O vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gustavo Bianco, solicitou que Lula da Silva apresente “nada consta” criminal e certidões de que não foi condenado em primeira e segunda instância nos doze processos criminais que responde na justiça brasileira. A apresentação desses documentos é necessária para que o candidato não seja enquadrado na Lei de Ficha Limpa, conforme manda a legislação. Bianco ameaça impugnar a candidatura do petista se tais documentos não forem apensados no pedido de registro de candidatura do petista junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

SEM MÁSCARA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) decidiu cancelar a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos passageiros nos aeroportos e durante os voos no espaço aéreo brasileiro. A aplicação da medida, que pode ser feito imediatamente, dependerá das companhias aéreas. A liberação do uso de máscaras deve estimular o aumento do número de passageiros nos aeroportos brasileiros. Muita gente evitava tomar aviões para não usar a máscara durante viagens mais longas.

Parabólica
parabolica@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!