Por Fabiano de Cristo
Em 12/11/2018

Editorial

Aproveitei o feriado para caminhar um pouco nas ruas do comércio da cidade. Andei pelas avenidas Jaime Brasil e Sebastião Diniz no Centro de Boa Vista. Também fui até Ataíde Teive e finalizei as minhas analises pelos dois shoppings da cidade. Sempre que possível, conversei com alguns vendedores e empresários que estavam nas lojas sobre suas expectavas de vendas para o período natalino.

Ao final das minhas andanças, pude constatar uma dura realidade. Em termos de vendas, esse ano será um natal magro. A situação econômica do estado com o atraso de salários dos servidores públicos estadual, vem contribuindo para esta constatação. Alias esse reflexo já começa a ser sentido desde o mês passado, com as vendas em queda em vários segmentos.

Esse é, no meu entendimento, o momento dos comerciantes começarem a pensar em estratégias para aliviar a expectavas de vendas negativas. Negociar com fornecedores preço e condições de pagamento, e principalmente, montar uma vitrine atrativa. Alias, estamos a pouco mais de um mês do período natalino, e eu não vi nessas minhas andanças pela cidade, pouco o quase nenhuma empresa pensando no vitrinismo como estratégia de vendas para o natal.

Fabiano de Cristo
Consultor Empresarial
atuallisconsultoriarr@gmail.com

JÁ PENSOU NA SUA VITRINE DE NATAL?

Quer uma dica para movimentar suas vendas de Natal com pouco investimento? Dê uma atenção especial a sua vitrine. A vitrine é um grande chamariz para a entrada do consumidor na loja! Uma vitrine bem composta chama a atenção dentre tantas pelas quais passam os nossos olhos. Muitas vezes é o primeiro contato do consumidor, e a intenção é sempre causar uma boa impressão, então vale um capricho!

Em geral, a vitrine precisa expressar o que o cliente vai encontrar no local. Além dos produtos, precisa transmitir a identidade da loja, o estilo. Ela compõe a comunicação visual no ponto de venda, onde as decisões de compra acontecem, então pense a vitrine de forma estratégica. Escolha os produtos que representem as opções que o cliente vai encontrar.

Gere curiosidade para o que mais pode-se encontrar no interior da loja. Exponha de forma que a pessoa se identifique, se imagine fazendo uso dos artigos. Para tanto, tenha em mente quem você quer atingir. Combine artigos que se comuniquem e que tenham relação entre si, vai ajudar a vender itens conjugados, gerar impulso de compra. Harmonize coordenado cores e simetria.

Não é tarefa fácil não, o vitrinismo é uma técnica antiga que se incorporou ao visual merchandising, que engloba toda a composição e exposição dos itens no ponto de venda. Na falta de um profissional, busque inspiração em locais referência no ramo ou com as quais você identifica a sua empresa.

Para o Natal, lembre-se que primeiramente vende-se produtos para amigo secreto e festas de encerramento e a maioria dos presentes para a data são comprados na última semana. Mas os esforços anteriores são considerados, pois podem direcionar aquela pessoa que se identificou com o foi apresentado. Para esta data, pense em quem seus clientes vão presentear e apresente soluções.

Use a decoração de Natal para enaltecer os seus produtos. Procure uma linha decorativa que combine com os produtos comercializados, não basta simplesmente encher de enfeites natalinos. Cuidado com a poluição visual! Neste período do ano, cabe mudar a vitrine com mais frequência, dê preferencia a produtos com opções de tamanho e cor, para que a pessoa que gostou do que viu encontre a opção que se encaixe na sua necessidade.

Apresentar os preços na vitrine é importante, muitos não gostam desta exposição, porém ajuda a atrair os clientes com real intenção de compra. Encontre uma forma de expor os valores de forma que sejam identificados sem prejudicar o layout criado.

Em tempos em que as pessoas analisam os gastos com mais cuidado, uma vitrine bem elaborada pode atrair clientes potenciais para incrementar a suas vendas neste final de ano. Por isso apresentamos algumas sugestões para você montar a sua vitrine de final de ano.

Use o Papai Noel na decoração da vitrine de Natal - Quando se fala em decoração de Natal, o Papai Noel é um dos elementos decorativos que mais são lembrados pelas pessoas, logo, ele não pode faltar como enfeite da vitrine.

Iluminação da vitrine de Natal - As luzes são responsáveis pela ideia de magia que a decoração de Natal transmite para as pessoas. Sendo assim, a iluminação é essencial para compor a decoração.

Use temas como referências para decorar vitrine de Natal - Um dos recursos mais interessantes para fazer a decoração de vitrine de natal é usar temas com referências clássicas e modernas. Por exemplo, você tem uma loja voltada para o público infantil? Então, que tal investir em um tema relacionado a filmes e desenhos animados?

Há diversos temas que podem ser usados para decorar a vitrine de Natal e você também pode criar os seus próprios temas. Pense nisso e até a próxima semana.

RESENHANDO

Você não quer ser apenas mais um lojista com uma decoração de natal igual a todas as outras? Nesse caso, uma boa alternativa é personalizar a decoração da vitrine de natal. Nesta situação, não é necessário fazer grandes investimentos em objetos decorativos, basta usar a criatividade com elementos simples. Se a loja tem uma ideologia sustentável e vende produtos que respeitam o meio ambiente, uma opção de decoração é construir uma árvore de Natal, que em vez de ter galhos é composta por pequenas prateleiras, onde as mercadorias podem ser dispostas na vitrine, sendo envolta por luzes. Essa ideia é bastante funcional para lojas de calçados e acessórios.

Fabiano de Cristo
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Visão de negócios
+ Ler mais artigos de Visão de negócios