Por Fabiano de Cristo
Em 17/09/2019

Editorial Planejem algumas regras para a conversa, por exemplo:

Sair um pouco para respirar caso as emoções e o nervosismo tomem de conta da situação, pois é melhor ter uma pausa e prosseguir, em seguida, de maneira mais relaxada do que acabar uma reunião com um problema ainda maior.

A temática ‘Educação Financeira para casais’ volta a ser abordada na nossa coluna essa semana. O assunto vem sendo discutido aqui há duas edições trazendo dicas de como os casais devem lidar com o dinheiro. A tarefa não é fácil, ass conversas sobre as finanças do casal devem ser bem honestas em relação à situação monetária da família e suas preocupações com o futuro, aquilo que vocês desejam alcançar no tempo em que estiverem juntos. Os casais têm que ter um projeto de vida juntos e os dois devem estar em sintonia para poder alcançar cada meta.

Educação financeira para casais

O casamento só pode dar certo quando o verdadeiro sentido da união prevalece. É aonde afala de particularidades e individualidades devem ser respeitadas e toleradas. O assunto dinheiro está entre eles. Lidar com as finanças do casal é um processo natural que ao longo do relacionamento podem se transformar em problemas.

Durante o relacionamento, é preciso que um acabe cedendo um pouco da sua individualidade e as afinidades se reforcem. Sendo assim se não houver os entendimentos os conflitos certamente surgirão.

Com o casamento serão dois salários, duas cabeças pensantes ou duas formas de lidarcom o dinheiro, então imaginem a quantidade de dificuldades que ocorreram se cadaum tiver os próprios objetivos financeiros.

Para não haver desentendimentos

O melhor a se fazer é definir qual dos dois orçamento está mais organizado e prático para gestão das contas. As contas bancárias devem ser agrupadas aos poucos para que juntos possam organizar as finanças conforme a nova situação.

Cartão de crédito

Uma outra solução é que o cartão de credito sejam juntos afim de pagar uma única

anuidade e aproveitar melhor os programas de milhagem e vantagens oferecidos.

Planejem algumas regras para a conversa

Sair um pouco para respirar caso as emoções e o nervosismo tomem de conta da situação, pois é melhor ter uma pausa e prosseguir, em seguida, de maneira mais relaxada do que acabar uma reunião com um problema ainda maior.

Elabore metas

O caminho é seguir aquele que melhor se traduz na essência do sentido do casamento –

unir e compartilhar, mas para isso é preciso:

- Construírem os sonhos e planos em comum;

- Elaborarem e respeitarem um orçamento familiar;

- Terem disciplina em relação aos investimentos e fugir do endividamento;

- Manter as contas em dia, bem como a conversa sobre receitas e despesas;

- e claro, comemorarem e celebrarem as conquistas sejam elas individuais por mérito

ou por objetivos definidos em comum.

Fabiano de Cristo
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Finanças
+ Ler mais artigos de Finanças