Por Shirley Rodrigues
Em 01/10/2020

 

Com Nada 

* As sementes enviadas da China para o Brasil, sem terem sido solicitadas por ninguém, chegaram a Roraima. Ontem, a mídia anunciou que pessoas em Boa Vista e no município de Normandia receberam as tais sementes que vem deixando o Brasil inteiro preocupado. Os especialistas alertam os que receberem as sementes, que não descartem e nem abram o pacote, pois caso elas contenham pragas e fungos desconhecidos podem causar danos ao meio ambiente. E enquanto se investiga esse mistério, quem tiver as tais sementes, deve leva-las até a Femarh ou Ministério da Agricultura.  

 

Com Tudo  

* Ela é formada em turismo e nunca teve pretensão de ser blogueira, mas ao criar um perfil no Instagram, se transformou numa autêntica digital influencer. Estamos falando da roraimense Nelliane Carvalho, proprietária do IG @dicaspracasa_rr, criador de conteúdos digitais, como rotinas do lar, consultoria de organização e tudo quanto é de dicas para casa, desde construção, jardim, cama, mesa e banho. Ela fez workshop na Europa para onde viajou mais de uma vez a convite, graças a autenticidade de seus posts seguidos por milhares de pessoas e com engajamento incrível.    

 

A professora doutora Ana Zuleide Barroso (UFRR), pilota iniciativa inédita em prol dos indígenas Ingaricó (Raposa Serra do Sol) 

Arte & Cultura   

* Começa nesta quinta-feira, 1º de outubro, as inscrições para a renda emergencial da Lei Aldir Blanc, no Palácio da Cultura. A previsão é que as inscrições sigam até o dia 30 e os pagamentos (de 3 parcelas de 600 reais) serão efetivados uma semana após essa data.  

* As parcelas serão pagas retroativamente, desde junho, data de publicação da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Os recursos são oriundos da Lei nº 14.017/2020 e foram descentralizados por transferência da União ao Estado de Roraima, por intermédio da Plataforma +Brasil, no montante de R$ 10.747.615,59. 

 

Arte & Cultura II 

 * Serão beneficiados com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, residentes em Roraima que tiveram suas atividades interrompidas, sendo necessário comprovar atuação social ou profissional nas áreas artística e/ou cultural nos 24 meses anteriores a junho de 2020. 

* Além disso, os requisitos para solicitar o benefício, são: não ter recebido auxílio emergencial; ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (o que for maior); não ter emprego formal ativo; ter registro no Cadastro Estadual de Cultura, gerenciado pelo Conselho Estadual de Cultura. 

  

Da Hora  

* Justamente ontem, quando o Hospital de Campanha (Área de Proteção e Cuidados) da Operação Acolhida), passou a não receber mais internações por Covid-19, Roraima apareceu na área vermelha do mapa do coronavírus, com 317% de aumento, que leva em conta a taxa de ocupação de leitos.  

* Aliás, somente Roraima e o Amazonas figuraram ontem na área vermelha do mapa. E, embora as autoridades minimizem esse fato, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, declarou que propôs lockdown ao governador Wilson Lima, e especialistas já consideram que o Amazonas está vivendo a chamada segunda onda. E pelo andar da carruagem, Roraima está seguindo o mesmo caminho.  

 

Da Síndrome  

* Teve gente que se infectou de propósito achando que assim ficaria livre do coronavírus. E agora, passados três meses, corre o risco de se reinfectar e a Civid-19 vir ainda mais forte. Isso sem contar com as sequelas que a doença deixa na maioria das pessoas.  

* E pra completar o combo de más notícias, agora tem também a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, associada a Covid-19, que é mais letal em criancinhas de até 4 anos, segundo dados do Ministério da Saúde. O boletim epidemiológico de 5 de setembro, contém notificados 286 casos e 21 mortes de crianças e adolescentes de 0 a 19 anos.  

Nelliane Carvalho do IG @dicaspracasa_rr, dividindo clic com a exuberante Lissandra Pinho  

 

#Rápidas   

* Inaugurando idade nova nesta quinta-feira, MasamyEda e Hellen Rira Peixoto.  

* Desde que fez a pesquisa do seu segundo doutorado na Raposa Serra do Sol, tendo como foco os indígenas Ingaricó, a professora doutora Ana Zuleide Barroso se encantou por aquela etnia.  

* Os ingaricó que tem seu próprio Conselho (Coping) recebiam ajuda de uma embaixada, benefício que foi cortado desde que também foi suspenso o Fundo da Amazônia e eles ficaram sem ter como custear as despesas do da representação do seu Conselho na capital.   

* Com a chegada da pandemia e a suspensão das aulas na universidade, a professora doutora Ana Zuleide, resolveu criar alternativas para ajudar os Ingaricó e foi então que começou a produzir itens para Mesa Posta.  

* As peças que são verdadeiras obras de arte, estão fazendo o maior sucesso na cidade e com isso garantindo o funcionamento da representação do COPING em Boa Vista.  

* Empolgados com a novidade, os indígenas agora estão eles próprios tirando artesanalmente fibra de buriti para composição de novas peças produzidas pela “madrinha” professora, que se revelou uma autêntica artista.  

* E assim em breve, teremos por aqui novos itens de Mesa Posta genuinamente de origem ingaricó.  

 Priscila Menezes e Joicy Furtado, projetistas da Dellano, onde todas as quartas feiras estão disponíveis novidades da Mesa Posta, de Ana Zuleide Barroso, e decorações florais da Festas e Flores, by Marcio Lima - (Foto: Fernando Oliveira) 

 

Tá Valendo  

Yanomami  

* Infelizmente o que todos temiam aconteceu. O aumento da Covid-19 entre o povo Yanomami/Yekuana é muito preocupante, pois aqueles indígenas que culturalmente não usam nem roupas tradicionais, estão tendo muita dificuldade de usar máscaras e manter o isolamento social, considerando que, nas comunidades todos moram no mesmo xapono.   

 

Do Prazo  

* O prazo para solicitar Transferência Temporária de Eleitor, encerram-se nesta quinta-feira, 01 de outubro. Na verdade, não se trata de transferência de título para outro município, apenas mudança temporária de seção eleitoral no mesmo município de origem, permitida pela lei nas Eleições Municipais.  

O casal Karina Mota e Onésimo Cruz,ilustrando a coluna desta quinta-feira

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!