Por Francisco Cândido
Em 19/09/2018

ELIZABETH MACELLARO THOMÉ
Uma rosa que exala o perfume da saudade
__________________________________________________________________

Neta de italiano e filha de português, a brasileira-roraimense Elizabeth Macellaro Thomé (dona Bety), sempre foi uma pessoa amável e bem humorada.

O seu pai, Joaquim Thomé, nasceu em 05/01/1878 na cidade de Pampilhosa da Serra, Distrito de Coimbra em Portugal. Ele veio para Boa Vista no ano de 1900, e aqui se casou com a senhora Maria de Souza Lima (tiveram 8 filhos). Joaquim Thomé, ao ficar viúvo, se casou com a jovem Cecília Pascaretta Marcellaro, filha do italiano Félix Macellaro, que morava em Boa Vista. O casamento ocorreu no dia 18/04/1928. 

Dessa união nasceram quatro filhos: Elizabeth Macellaro Thomé (dona Bety) Cidalina Macellaro Thomé Abdala (professora), James Macellaro Thomé (professor), e Laerth Macellaro Thomé (médico). O patriarca Joaquim Thomé faleceu no dia 26/06/1951. 

A filha Elizabeth (dona Bety) casou-se no dia 20/10/1951 com Raimundo de Castro Barros (o Alemão) e, desta união nasceram: José Joaquim Thomé Barros (Zezinho) e Jucilene de Castro Barros. (psicóloga).

Raimundo Barros montou um bar na avenida Jaime Brasil, com o nome de “Fortaleza Bar”. E, tempos depois, instalou o Restaurante “A Gruta” num prédio ao lado de onde está hoje o Shopping Center, na avenida Jaime Brasil.

Em 1962, o Governador do Território Federal do Rio Branco, o general Clóvis Nova da Costa, convidou o Raimundo Barros para assumir a gerência do Hotel Boa Vista (hoje o Hotel Aypana), que á época pertencia ao governo Territorial. Mas com este emprego, o seu Restaurante “A Gruta” não estava recebendo s mesma clientela de antes. Então, ele deixou a gerência do Hotel e voltou a tomar conta do restaurante.

Raimundo de Castro Barros, o “Alemão”, faleceu no dia 6 de agosto de 2000

Em seu lugar, na gerência do Hotel Boa Vista, assumiu a senhora Nadir Paracat, que tinha um restaurante próximo da Escola Osvaldo Cruz. 

Em Novembro de 1981, Raimundo de Castro Barros se reuniu com os senhores Júlio Augusto Magalhães Martins e o empresário Amazonense Mozar Saraiva, e os três fundaram em Boa Vista a primeira Rádio em FM (Frequência Modulada) – a Sociedade Rádio Equatorial, sendo instalada na rua Benjamin Constant – Centro.

Os Equipamentos eletrônicos da Emissora foram importados dos Estados Unidos, e a Rádio Equatorial recebeu o Prefixo ZYD – 550, com frequência 93.3 (megahertz), sendo inaugurada no dia 31 de janeiro de 1982.

A antiga Rádio Equatorial que tinha o seu prédio na rua Benjamin Constant, não mais existe, ficando apenas a sua Frequência FM 93.3, que é o mesmo da nova Emissora Rádio Equatorial, situada á rua Álvaro Maia - no bairro Aparecida.

Quanto à dona Bety, esta era uma artesã com trabalhos manuais de moldura em quadros, usando folhas de metais, alumínio-prata e dourado, além de confecções de Colchas de cama.

Elisabeth Macellaro Thomé nasceu no dia 10/07/1929, e faleceu no dia 15/09/2018. Além dos filhos (José Barros e Juscilene), deixa quatro netos e um bisneto.

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Minha Rua Fala
+ Ler mais artigos de Minha Rua Fala