Por Opinião
Em 09/02/2021

CALÇAS ESFARRAPADAS

Marlene de Andrade*  

 Os anos 60 deu início à quebra dos padrões das décadas anteriores, quando as pessoas se vestiam de um modo mais comportado. Sendo assim, entrou com força o uso da minissaia e o rock and roll ganhou popularidade através dos Beatles  e Janis Joplin, usuária de drogas,  a qual morreu aos 27 anos por over dose devido ao álcool e heroína.  

Concomitantemente, apareceu o movimento hippie, o qual trazia em sua essência comportamento de contracultura. Os hippies saiam de suas casas e se tornavam nômades, pois não aceitavam os valores tradicionais e defendiam o amor livre. Nessa época surge também a pílula anticoncepcional e devido ao fato, o “amor” se tornou mais livre ainda.  

Como se pode perceber a década de 50 ainda trazia o modelo da família ao estilo patriarcal, cujo mentor era o homem e as famílias eram constituídas basicamente por pai, mãe e filhos.  Dos anos 70 em diante esse modelo foi mudando pouco a pouco e a mulher passou a ganhar mais espaço fora de casa.  

Por seu turno, as crianças foram cada vez mais sendo abandonadas à própria sorte e devido ao fato, foram deixando de respeitar pai, mãe e até mesmo os professores. Como a mulher saiu de casa deixando de exercer seu papel exclusivamente voltado aos filhos e o pai deixou de ser o líder e provedor da família muitas coisas mudaram, pois os filhos começaram a ser educados por babás, a ponto de muitas delas maltratarem as crianças até mesmo antes de um ano de idade. Entre outras inovações surgiu o divórcio, o qual foi ganhando força e as famílias pouco a pouco foram se destruindo e o pai  ficando cada vez mais ausente do núcleo familiar.   

Dizer que as famílias antes dos anos 60 não tinham problemas não é verdade, porém nos últimos anos muita coisa mudou para pior, basta dar um pulinho nas maternidades do Brasil para vermos os números crescentes de adolescentes grávidas, as quais chegam muitas vezes até mesmo em trabalho de abortamento e muitas delas nem sabem quem as engravidou. “Bença pai, bença mãe”? Acabou há muito tempo.   

Antes de todas essas mudanças, não se ouvia falar de suicídio em adolescentes, gravidez em meninas e uso de drogas, tanto em adolescentes quanto em adultos. Por seu turno, a pedofilia aumentou exageradamente, principalmente com o auxílio das redes sociais e hoje os adolescentes dirigem carro aos 14 anos sem que os pais se preocupem com o destino deles. Como se pode perceber há uma derrocada escancarada dos bons costumes judaico-cristãos e a tendência é tudo piorar.  

*Médica Especialista em Medicina do Trabalho/ANAMT- AMB- CFM  - Técnica de Segurança do Trabalho - CRM-RR 339 RQE- 431  

2021 E AS ANÁLISES FINANCEIRAS DAS EMPRESAS EM NOVOS CENÁRIOS

Fábio Lima*

Frente as transformações de negócios e mudanças drásticas em formatos de relacionamentos, principalmente os comerciais e transacionais, alguns itens básico ou tido como óbvios toma lugar de destaque, não é diferente na avaliação de performance empresarial. Todos os ajustes visam ter sempre aquela primeira linha da demonstração de resultados do exercício (DRE) alimentada e de preferência em números expressivos alinhados ao que foi planejado. Sim, estamos falando da Receita Bruta, o Faturamento para alguns negócios.

Porém há outros importantes fatores que precisam ser considerados, e voltando ao que é básico, há 3 elementos que não saem de moda, a análise de preço, volume e mix, estes que são os principais componentes de avaliação de receita tendo em vista o planejamento financeiro de uma empresa. E que vai demorar para ter algo tão simples e eficaz na análise de faturamento e suas variações com o planejamento realizado.

Entendimento de produto e posicionamento de mercado são estratégias que precisam ser validadas com resultados e indicadores, para tal é de suma importância entender a variação da sua receita e saber direcionar as ações corretivas ou potencializadoras dos resultados, colocando mais atenção e ação para melhor direcionamento de gestão empresarial por meio de uma gestão financeira.

Muitas empresas possuem vários produtos e serviços, distintos fluxos de receita e variado número e perfil de clientes, cada um contribuindo de maneira específica nos resultados da empresa. A forma de iniciar análise destes diferentes impactos é entender e analisar os efeitos de preço médio praticado na venda de produtos e serviços, volume vendido de produtos e serviços e considerar analisar e gerenciar o mix, a variedade de volume e itens comercializados no período. Estas informações algumas vezes são ocultadas ou ocultas ao se observar o desempenho geral da empresa e as principais métricas de interesse em gestão, que maior parte das vezes considera apenas um dos fatores, normalmente volume.

Portanto, é essencial que a administração, a gerência e os investidores tenham uma visão mais profunda e executem as análises necessárias para tentar isoladamente avaliar o impacto que cada um destes componentes no conjunto de indicadores chave de desempenho de uma empresa.

Quando observar critério de Preço, analisar e entender se além de estar adequado internamente, garantindo uma margem saudável , se ele está adequado ao mercado consumidor, e principalmente ao mercado consumidor pretendido, esta análise ajuda a garantir o adequado posicionamento no mercado e a definir quais ações e medidas precisam ser tomadas para garantir o que foi planejamento e alinhado nas previsões.

Quanto ao volume, a projeção de viabilidade e lucratividade contempla a quantidade mínima (break even point) ou a ideal (Lucratividade e margem pretendida) de itens a serem vendidos e entregues por período e assim entender participação de mercado e também outros fatores como capacidade produtiva, capacidade de entrega e atendimento do mercado e até identificar ações de concorrência que podem impactar crescimento e penetração de mercado , neste caso além do volume vendido e entregue, importante entender o quanto os concorrentes também entregaram no período ( principalmente bens de consumo, há empresas especializadas em medir estes volumes de itens vendidos).

A análise do mix têm a premissa de entender e checar se o volume de produtos e serviços projetado e planejamento para serem vendidos e entregues, ou número de serviços prestados, está de acordo com o realmente realizado, as variações ajudam a entender muito sobre o processo interno de entrega, desde área comercial e estratégias de ajustes dos volumes, até checar capacidade interna da empresa.

Feito mensalmente, no mínimo, este trabalho e esforço extra, pode economizar muita dor de cabeça futura, mitigar e resolver questões que certamente surgirão dos membros da equipe de gerenciamento, administradores e stakeholders.

O entendimento dos componentes de variação de volume, mix e preço ajudam a explicar o que ajudou ou prejudicou nas variações positivas e negativas de faturamento, sendo também muito importante para avaliação de risco de um negócio quanto para a elaboração de seu planejamento comercial, e alinhamento com a perspectiva de processos ( comercial – produção – administração de vendas), com a perspectiva financeira ( Resultados – Faturamento – Participação).

*Consultor empresarial,  executivo de finanças,  master coach e CEO da LCC – Light Consulting & Coaching – especialista em soluções em consultorias e mentorias para empresários e gestores. www.lightconsulting.com.br

O IMPORTANTE É LEVANTAR

Afonso Rodrigues de Oliveira*

“Todos caem, mas apenas os fracos continuam no chão.” (Bob Marley)

O popular diz que a criança que nunca cair nunca vai saber se levantar quando adulto. Quando estiver com seu filhinho, brincando no parque, não se preocupe quando ele cair. Observe o grau da queda, e se não for grave apenas aproxime-se e o incentive a se levantar. E se for mais forte, ajude-o, mas sem alarde. A queda faz parte do desenvolvimento. É o mesmo que devemos considerar quando erramos. Ou você se entrega ao erro ou aprende como ele. Porque é no erro que aprendemos como não fazer. Simples pra dedéu.

Nunca se entregue. Mas esse comportamento exige preparo mental. Com o confinamento que estamos vivendo, exigido pela covid-19, estamos observando o descontrole que sempre existiu nos lares, pelo despreparo dos do lar. A convivência exige preparo. Ou aprendemos a conviver ou não convivemos. Porque não aprendemos a respeitar as diferenças. Já falei pra você, e faz muito tempo, sobre minha visão sobre o quarteto, amor, paixão, sexo, e ciúme.

 Aí está um quarteto que faz parte da união entre os dois sexos. Sei que os entendidos vão discordar de mim. Mas continuo defendendo meu pensamento: o amor é o bem indescritível, a paixão é um descontrole emocional, o sexo é vida, o ciúme é um descontrole mental. Você nunca vai ver uma pessoa mentalmente equilibrada e ciumenta. Assim como nunca irá ver uma pessoa ciumenta e mentalmente equilibrada. Há sempre uma razão para o ciúme. E esta está no desequilíbrio mental.

Nunca caia na ribanceira do desequilíbrio mental. E o equilíbrio está na saúde mental. Verifique se você está na linha do equilíbrio ou na gangorra da queda. Muito cuidado, mas sem exagero. Aprenda a ler nos olhas da pessoa, para ver se deve, ou não, confiar nela. Porque se você não se equilibrar na escolha vai acabar despencando. Que é quando você cai e não é capaz de se levantar. Aí o sofrimento pisa no seu pescoço e faz de você uma marionete do destino. E a mais eficiente maneira de se levantar é respeitando-se e se valorizando no que você é, e não no que quem o derrubou quer que você seja. Complicou?

Vamos maneirar no papo aparentemente embaralhado. Valorize-se sempre, respeitando as outras pessoas no que elas são. Porque cada um de nós está no seu grau de evolução racional. Que é por isso que somos todos iguais nas diferenças. E só valorizamos a igualdade quando respeitamos as diferenças. Faça isso. Nunca se julgue superior nem inferior. Seja você no que você é, melhorando, a cada momento de sua vida. Só quando crescemos abraçamos e acolhemos a nossa felicidade. Pense nisso.

*Articulista

afonso_rr@hotmail.com

95 99121-1460

Opinião
fale@folhabv.com.br
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!