Por Shirley Rodrigues
Em 21/05/2020

Com Nada

* Muitos médicos de todo o país, estão temerosos em seguir o novo protocolo do Ministério da Saúde, que liberou o uso da cloroquina para todos os estágios da Codiv-19, mesmo sem eficácia comprovada. Os médicos temem que – a exemplo do que já ocorreu em Manaus – pacientes piorem e até venham a óbito por conta dos efeitos colaterais. Durante uma entrevista online, em que anunciou a novo método há muito defendia à revelia da comunidade científica, o presidente Jair Bolsonaro disse em tom de gracejo, “quem não quiser tomar cloroquina, que tome tubaína”.

Com Tudo

* Agora é Lei! A Câmara dos deputados aprovou, esta semana, o uso obrigatório de máscara em locais públicos em todo o país, assim como em espaços privados de acesso público, como lojas, farmácias, supermercados e todo tipo de comércio, além de transportes e vias públicas. Os estados e municípios é quem serão responsáveis pela aplicação das multas aos que teimarem em descumprir. A referida lei, que valerá até enquanto durar a pandemia, agora segue para o senado para a devida aprovação e a expectativa é de que entre em vigor o mais rápido possível.

O defensor público-geral Dr. Stélio Dener, destaca os avanços da Defensoria Pública do Estado de Roraima, ao longo de duas décadas, na programação dos 20 anos da DPE e Dia do Defensor Público  

Da Cloroquina

* A reação ao novo protocolo do Ministério da Saúde para o uso da cloroquina, foi imediata. Aliás, mesmo antes dessa liberação, um artigo assinado por oito técnicos do próprio Ministério da Saúde, já havia sido enviado para a revista da Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

* No documento, eles externaram a preocupação, afirmando que não há eficácia comprovada e nem qualquer segurança de nenhum remédio ou tratamento para o novo coronavírus. Para saber mais, acesse o link

Da Cloroquina II

* De fato, se a cloroquina fosse realmente eficaz pra todo mundo e em todos os estágios da Covid-19, certamente os presidentes, médicos e cientistas de países como Estados Unidos, Rússia, Inglaterra e outras nações, não estariam permitindo perder diariamente milhares de vidas de seus cidadãos.

*A propósito, matéria sobre o assunto no Jornal Estadão, trouxe a seguinte manchete: “A cloroquina e o crime de responsabilidade: À plena luz do dia, Jair Bolsonaro utiliza-se do cargo para causar danos à saúde da população, em escancarado exercício abusivo do poder”. Reportagem completa no link

 

Da Defensoria

* Esta semana, a Defensoria Pública do Estado de Roraima faz 20 anos de atuação, data em que também é comemorado o Dia do Defensor Público. Mas, devido as recomendações de saúde devido à pandemia, não houve festa presencial.

* Os defensores e servidores da DPE, estão trabalhando online, atendendo às demandas da população via WhatsApp. Porém, a data não está passando em branco e pela primeira vez na história, o aniversário da DPE está sendo comemorado virtualmente durante toda a semana, com várias lives que abordam assuntos super interessantes.

Da Defensoria II

* A programação alusiva ao aniversário dos 20 anos da Defensoria Pública e Dia do Defensor, está ocorrendo pelas redes sociais desde segunda-feira e se estenderá até sexta-feira (22), quando acontece o encerramento da programação com uma live solidária.

* O defensor público-geral Dr. Stélio Denner e o sub-defensor-geral Dr. Oleno Matos, falaram sobre vários avanços da instituição ao longo dessas duas décadas e enumeraram os vários programas que efetivamente promoveram a aproximação da Defensoria Pública com os cidadãos.

A jornalista Adriana Cruz, presidente do Sindicato dos Jornalistas de Roraima, representará a categoria local na live “Violência contra Jornalistas: As Fake News e o Ataque ao Papel Social do Jornalismo, no próximo dia 1º de junho as 16 h (horário de Brasília)

Rápidas

* Nesta quinta-feira (21), a diretora geral do grupo Folha, Paula Cruz, e o superintendente do INSS local, Gelbson Braga, celebram aniversário de casamento.

* E hoje quem recebe homenagens por conta da troca de idade, é a professora doutora Gioconda Martinez, a jornalista Vanessa Vieira, Inajara Cícera de Souza, e a querida Necy Souza.

* Ao completar 15 anos de atividades essa semana, O Lions Clube Oswaldo Carolino, sempre seguindo os padrões do leonismo em apoio aos que mais precisa, intensificará suas atividades sociais.

* E mesmo nesse período de pandemia, o clube não tem deixado de prestar auxílio às pessoas carentes.

* Esta semana, por exemplo, membros do clube tem prestado assistência com gêneros de limpeza e alimentos a comunidade de Vila Vintém.

* Atualmente presidido pelo Sr. Mailton Cardoso, o Lions Clube Oswaldo Carolino faz parte integrada do maior clube de serviço do mundo, o Lions Clube Internacional - presente em mais de 210 países e com mais de um milhão e quatrocentos mil sócios.

* O clube de serviço local, conta com 12 associados efetivos e tem na Coordenação de Comunicação, Junior Carolino. Para mais informações, interessados poderão entrar em contato pelo telefone: (95) 98121-5514.

A jornalista Marleide Cavalcanti (TV Cultura), inaugurando idade nova nesta quinta-feira

 Tá Valendo

Cathedral

* A Faculdade Cathedral está com uma série de lives abordando temas como luto, violência doméstica, sobrecarga de trabalho, saúde mental, nesse período de quarentena.A de hoje (21), será às 18h30 com o professor Joaquim Neto, que abordará o tema: “Teoria Geral dos Recursos”.

 

No Município

* A prefeita Teresa Surita anunciou ontem que seguirá a nova recomendação do Ministério da Saúde, para o uso da cloroquina e irá adquirir o medicamento para uso na Capital, informando também, no entanto, que a medicação dependerá da avaliação médica.

Decana da Assembleia Legislativa de Roraima, a deputada Aurelina Medeiros, que é a única mulher naquela Casa desde a segunda legislatura, recebe hoje homenagens por conta de seu aniversário nesta quinta-feira. Na foto, ela divide clic com seus filhos, Julio Cezar, Juliano, Jean e Jackson

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Cadastrar-me Enviar Comentário
SANTOS disse: Em 21/05/2020 às 15:14:29

"COM NADA - Alguém deveria indagar aos senhores Governadores e um sem número de Prefeitos qual a razão pela qual se negam a adotar o protocolo para uso da Hidroxicloroquina associado à Azitromicina. - A meu ver, salvo melhor juízo, a alegação de que não há comprovação científica da eficácia do medicamento não se sustenta, pois ele sempre foi largamente utilizado no Brasil no tratamento de malárias e, mais recentemente, foi usado para combater outra grave virose, a zika, como preventivo contra a microcefalia, havendo sido feito na oportunidade inúmeros testes. - Também, o medicamento vem sendo utilizado já no início dos sintomas em diversos países como Estados Unidos, Portugal, Espanha, Reino Unido e até na França, com excelentes resultados. - Assim, das duas uma: os cientistas não fizeram os testes ou os governadores e prefeitos opositores não passam de um bando de mentirosos e estão usando a pandemia para efetivar outros escusos objetivos."

Ciella Yearwood disse: Em 21/05/2020 às 14:52:41

"Sobre o remédio Cloroquina, os médicos e autoridades que são contra seu uso que apresentam então algo que funciona. Minha vó já dizia, "se não tem cão, caça se com gato". Ou preferem morrer sem tentar? Pura politicagem isso sim e não é só aqui no Brasil, parecem que a vontade global é mesmo matar um monte de gente, só pra ganhar dinheiro com algo muito mais caro. Abrem os olhos minha gente. "

Wagner disse: Em 21/05/2020 às 13:08:28

"Não há realmente comprovação da eficácia da cloroquina, mas o q chama atenção é que nenhum estudo sério foi realizado nesse sentido, avaliando fases da doença e dosagens. O q se sabe é q laboratórios do mundo todo estão gastando milhões de dólares para achar um remédio novo para ganhar bilhões, se comprovar a eficácia da cloroquina todo este dinheiro será perdido pq a cloroquina tem patente vencida."

Últimas de
Social
+ Ler mais artigos de Social