Por Shirley Rodrigues
Em 01/06/2020

Com Nada

* Em plena pandemia, o presidente da República segue incentivando aglomerações, apoiando manifestações antidemocráticas contra Judiciário e Congresso Nacional, e, participando desses atos, incetiva mais ainda o aumento do número de mortes por covid-19. No bojo desse comportamento afrontoso a sociedade diante de tantos óbitos por coronavírus, o povo reagiu e foi também pras ruas protestar contra o fascismo. Torcidas organizadas historicamente rivais se uniram contra os apoiadores do presidente e o resultado disso, além da instabilidade institucional, infelizmente serão mais contaminados e mais mortes.

Com Tudo

* Na semana de valorização da vida humana, o cuidado com a saúde mental entrou em discussão, especialmente por estamos em distanciamento social, onde os aspectos emocionais estão muito mais suscetíveis a serem abalados. O autor do projeto de lei que criou a referida semana, vereador Manoel Neves, ressalta que o valor inestimável da vida humana precisa ser debatido, principalmente, para diminuir o tabu e preconceito com relação às doenças mentais e emocionais. Para ele, quanto mais se debate, menos preconceito existirá na sociedade.

O empresário Antonio Parima Vieira e sua linda e maravilhosa esposa, Mariana Poltronieri, ilustrando a Coluna desta segunda-feira

Fake News

* A propósito, os adeptos de fake news andam espalhando por aí, que muita gente está morrendo de outras causas e estão colocando no atestado de óbito que foi coronavírus. Pra começar, só quem assina atestado de óbito são médicos, que jamais iriam falsificar um documento importante desses e por em risco a perda do seu CRM a troco de nada...

* Na verdade, a situação é bem ao contrário. Quando um paciente morre e não fez antes o teste do coronavírus, mesmo tendo todos os sintomas, os médicos preferem por como causa mortis “decorrência de problemas respiratórios” e esperar o posterior laudo cadavérico.

Fake News II

* Outros disseminadores de fake news, estão dizendo que souberam que alguém que deu entrada no hospital com problemas que não era coronavirus e quando a família procurou só “entregaram” o atestado de óbito por Covid-19 e o corpo já “tinham” mandado sepultar.

* Outra mentira, pois não há vaga no cemitério municipal N. S. da Conceição, e o Campo da Saudade é cemitério particular e custa caro pra sepultar. E se o Governo num ta pagando nem promessa a Santo imagine se irá se responsabilizar por pagamento de enterros?

Medicamentos

*A Sesau recebeu nesse domingo, 57 pallets de medicamentos para 40 dias, e ainda por esses dias irá receber a mesma quantidade para o mesmo período. A aquisição é feita com recursos do governo do estado.

*Nesta segunda-feira, 01, esses medicamentos serão loteados, para depois serem enviados às unidades hospitalares do estado e ao Hospital de Campanha, que já possuiu equipamentos de proteção individual e insumos. A expectativa, é que a inauguração do hospital de campanha, que está sendo aguardada desde março, aconteça essa semana.

Respiradores

*Também ontem (domingo), chegaram a Roraima, 25 respiradores mecânicos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI-Covid-19) e monitores multiparâmetros, enviados pelo Ministério da Saúde.

*O Ministério enviou ainda 25 respiradores mecânicos portáteis, que serão instalados em ambulâncias equipadas para fazer os primeiros atendimentos aos pacientes com covid-19. A propósito, tudo indica que na primeira quinzena de junho, o Estado receba a visita do ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, ex-coordenador da Operação Acolhida.

Vereador Manoel Neves, acompanhado de sua esposa, Márcia Neves, e dos filhos Karina, Ana e Samuel Macedo

#Rápidas

* Inaugurando idade nova nesta segunda-feira, 1º de junho, Abib Clayton de Jesus (afilhado da Colunista).

* Também aniversariando hoje, Carmozildo Araújo, Elizeu Cândido da Silva e Teresa Esmeralda Sales.

* Ontem, em pleno domingo, O Grupo de Atuação de Gerenciamento de Crise da Covid-19 do Ministério Público do Estado de Roraima, emitiu uma “Nota Pública”, digamos surpreendente.

* A referida nota dizia que o Grupo “entende que o lockdown é medida extrema e evitável, nesse momento, havendo outras alternativas menos drásticas e mais eficazes para a proteção da população roraimense”.  

* E prosseguiu: “A Ação Civil Pública requerendo que seja decretado o lockdown, ou seja, a paralisação imediata de todas as atividades não essenciais, reflete a interpretação pessoal e isolada da Promotora de Justiça da Saúde”.  

* Mas peraí, não é responsabilidade da Promotoria de Justiça da Saúde, ajuizar esse tipo de ação? A Dra. Jeanne Sampaio também não faz parte desse Grupo?  

* Na verdade, ninguém entendeu bem o motivo dessa “Nota Pública”, que a propósito, revela publicamente desentendimentos dentro da instituição, enquanto a população segue a deriva e, com isso, ainda mais fragilizada em saber que o Ministério Público, defensor oficial do povo não consegue chegar a um consenso interna corporis.

A professora doutora Ana Cristina Machado Silveira, líder do Grupo de Pesquisa “Comunicação, Identidades e Fronteiras (UFSM/FAPGRS/CNPq), estará hoje participando da “Violência Contra Jornalistas: As Fake News e o ataque ao papel social  do jornalismo, às 15h, horário local

Ta Valendo

Da Caer

* A Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) está realizando a interligação do sistema de água para o abastecimento do Hospital de Campanha. São 340 metros de rede interligados a uma adutora de 300 milímetros que vai garantir saúde a população do estado.

 

Live

* Logo mais às 15h acontece a live “Violência contra Jornalistas: As fake news e o ataque ao papel social do jornalismo”, com a presidente da Fenaj, Maria José Braga; presidente do Sindicato dos Jornalistas local, Adriana Cruz; o subdefensor-geral, Dr. Oleno Matos; jornalista e advogada trabalhista Florany Mota e a professora doutora Ada Cristina Machado.

A comunicadora Janayna Soares, recebendo homenagens por conta de seu aniversário, nesta segunda-feira

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Social
+ Ler mais artigos de Social